Samu vai socorrer mulher e vítima arremessa pedra na ambulância e quebra hospital

 Vítima estava exaltada e danificou viatura

 Uma ocorrência na noite de ontem (21) na cidade de Limeira, deixou a Usa (Unidade de Suporte Avançado) com vidro do retrovisor, o para-brisa dianteiro e o capô danificado. Segundo informações da administração do Samu, o telefonema inicial, apontava um atropelamento, porém ao chegar no local a mesma citada, estava consciente e sem déficit nenhum.

 A mulher de 27 anos começou com agressões verbais contra a equipe e logo foi imobilizada na maca. O Samu, por meio de nota interpretou esse tipo de caso como um fato isolado, incomum, e ainda afirmou que muitas vezes com diversos tipos de pacientes, infelizmente estão sujeitos a alguns tipos de agressões tanto física como verbal, porém que contam com o apoio da Polícia Militar e a Guarda Civil Municipal.

 A prefeitura também foi procurada por nossa reportagem, e por meio de nota, o órgão afirmou que o atendimento à população não será prejudicado. O Samu ainda afirmou que dentro de alguns dias serão providenciados os devidos reparos.
 Já no hospital Humanitária, nossa reportagem não conseguiu contato até o fechamento desta edição, mas testemunhas que estavam na hora da ocorrência afirmaram que o hospital também sofreu danos. (Cauê Pixitelli)

Comments

comments