Capitão da PM esclarece roubo a comércio nesta madrugada que terminou com um morto e um ferido

 Suspeitos teriam disparado pelo menos 6 vezes contra policiais

 O Capitão Ikeda do 36° Batalhão da Polícia Militar, em entrevista com nossa reportagem, explicou sobre o roubo a comércio na madrugada de hoje (19). Segundo a PM uma ligação via 190 levou os policiais até a avenida Major José Levy Sobrinho, onde um indivíduo estaria em frente a um banco, em atitude suspeita.

 Na chegada da viatura, os PMs abordaram o suspeito e cercaram a região. Ao subir no telhado de um comércio na avenida, os policiais foram recebidos a tiros por uma suspeita que estava escondida junto de seu companheiro, no telhado do estabelecimento. Ela disparou três vezes contra os policiais, sendo alvejada por quatro tiros, três deles no peito e um na nádega.

 O outro suspeito que também estaria escondido, disparou três vezes e foi alvejado com três tiros na perna, pela PM. Ele caiu dentro do comércio após o telhado ceder, o mesmo foi socorrido e permanece internado na Santa Casa de Limeira. “Eles vieram de Campinas em dois carros, cada um tinha um capuz e ainda havia mais um no HB20.”, disse Ikeda.

 Mais um veículo, uma Saveiro também foi usada na tentativa de roubo ao comércio. O suspeito que estava do lado de fora e que foi preso, alegou para os policiais que iriam roubar uma residência. As duas calibres 38 foram apreendidas pela polícia. A suspeita de 34 que morreu ainda no local, o suspeito de 23 anos baleado e o rapaz de 58 anos preso, já tiveram passagens pela polícia. (Cauê Pixitelli)

Comments

comments