Festival Nacional de Teatro continua durante toda a semana em Limeira

 Acompanhe a programação completa

 A abertura da 13ª edição do Festival Nacional de Teatro de Limeira foi realizada no último sábado (12), no Teatro Vitória. O evento, realizado pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Cultura, segue até o próximo domingo (20) com espetáculos no Teatro Vitória, Teatro Nair Bello, Praça Toledo Barros e Centro de Esporte e Artes Unificado de Limeira (CEU – Bairro Geada). Toda a programação é gratuita.

 Os espetáculos serão avaliados pelo júri técnico composto por Viviane Dias, Mateus Faconti e Péricles Raggio, e concorrem à premiação oferecida pela organização, sendo R$ 3 mil aos melhores espetáculos adulto, infantil e de rua; R$ 2 mil ao segundo lugar; e R$ 1 mil ao terceiro lugar, estes últimos apenas para a categoria teatro adulto. A apresentação que for definida como a melhor pelo júri estudantil também recebe R$ 1 mil. Segundos e terceiros lugares das modalidades teatro de rua e infantil ganham troféus, junto aos destaques de direção, ator, atriz, ator coadjuvante, atriz coadjuvante, cenografia, figurino, iluminação, trilha sonora e texto original. (Da redação Portal Notícia de Limeira)

Confira a programação:

Espetáculo Adulto: Ainda Aqui

Segunda-feira, 14, às 20h – Teatro Vitória

 Vencedor de mais de 50 prêmios em festivais, Ainda Aqui tem como protagonista o trabalho do ator. São mais de dez personagens interpretadas por apenas dois atores em cena, sem qualquer troca de figurino ou adereço. A trama se desenvolve a partir do desaparecimento do filho, Maurício, torturado e morto político, e do desenvolvimento do Alzheimer na mãe, Maria, que, esquecendo-se repetidamente da morte do filho, confina a si mesma e ao marido num eterno retorno à dor da perda. Ainda que tenha como pano de fundo um contexto político, o espetáculo se passa no ambiente familiar e constrói, aos poucos, uma grande história de amor e afeto.

Classificação: 12 Anos

Grupo: Cia. Cerne

Cidade: São João de Meriti – RJ

Direção: Vinicius Baião

Elenco: Leandro Fazolla e Higor Nery

Espetáculo Infantil: Rinocerantas

Terça-feira, 15, as 10h – Teatro Nair Bello

Tendo como inspiração o texto “O Rinoceronte”, de Eugéne Ionesco, e seus contos infantis, o grupo traz para o público infantil o fantástico e humorado universo deste autor. A possibilidade de descobertas extraordinárias na vida de duas personagens Berinjela e Juanete traz situações divertidas e inusitadas, como a ideia de todos começarem a se transformar em rinocerontes! O espetáculo traz a reflexão sobre a tolerância e a convivência com a diferença, temas tão caros e urgentes em nossa sociedade contemporânea.

Classificação: Livre

Grupo: Cia. Lona de Retalhos

Cidade: Santo André – SP

Direção: Elisabete Dorgam

Elenco: Carina Prestupa e Thaís Póvoa

Teatro de Rua: Carrilhão, vende-se coisas velhas de palhaço

Terça-feira, 15, às 14h – Praça Toledo Barros

O espetáculo é uma fusão das linguagens do circo e do teatro. A dupla de artistas se desdobra entre diversos personagens e narrativas, trazendo alegorias de diferentes culturas e épocas. Alguns números circenses ganham destaque, como a parada de mão, o rola-rola e os monociclos altos. Senhoras e senhores cheguem mais perto! O Carrilhão está agora na sua Cidade!

Classificação: Livre

Grupo: Coletivo Nopok

Cidade: Rio de Janeiro – RJ

Direção: Daniela Carmona e Adriano Baseggio

Elenco: Daniel Poittevin e Fernando Nicolini

Espetáculo Infantil: O Quintal de Cora

Quarta-feira, 16, às 10h – Teatro Nair Bello

A concepção veio de encontro com o poema “Antiguidades”, de Cora Coralina, e sua história, na feitura e no desejo de se comer o bolo, com as personagens maravilhosas desse poema, vivendo o universo das crianças de todas as idades.

Uma menina que vive várias aventuras em um quintal repleto de grandes personagens e apenas um vilão que pensa em crescer e se transformar em adulto, perdendo assim a magia e alegria de viver cada instante como se fosse o último.

Uma montagem que exalta a saudade, palavra tão brasileira, a liberdade, em contraponto ao pesar do sentimento do medo, que representam homens, mulheres, crianças, brasileiros que buscam acima de tudo um quintal para brincar ou simplesmente ouvir as histórias da Vó Cora. As mais belas e fantásticas histórias.

Classificação: Livre

Grupo: Rabugentos Cia Teatral

Cidade: Sertãozinho – SP

Direção: Gilvan Balbino

Elenco: Rogéria Saiani, Claudia Toledo, Manoela de Carvalho e Fernanda Cometta

Teatro de Rua: Super Tosco

Quarta-feira, 16, às 14h – CEU

Super Rosco não tem segredo, o espetáculo é super pela supremacia do que se apresenta, é mais que o mais dos mais! Chega a ser heroico de tão super. Mas o super não vem sozinho, é pressuposto para nome composto, aí que vem o tosco. A trama do espetáculo é super tosca, porque é real, feita por palhaços que com suas histórias e números de divertimento não vão achar outra forma de heroísmo que não a tosca. A grandiosidade do super aparece em espantosas acrobacias, habilidades, número de equilíbrio, músicas cantadas e tocadas ao vivo com naipe de sopros e uma banda completa de um homem só, o maestro Nicochina. Tem muito mais: animal feroz, bambolês adestrados e artistas internacionais que se apresentam a qualquer custo. (Obs.: Pensa num negócio tosco? Mal-acabado? Bagunçado? Sujo? Nuns artistas charlatões?). Essa é uma farra circense para rir e muito!

Classificação: Livre

Grupo: Grupo de Circo e teatro Rosa dos Ventos

Cidade: Presidente Prudente – SP

Direção: Coletiva

Elenco: Fernando Avila, Tiago Munhoz, Luis Valente e Robson Toma.

Espetáculo Adulto: Enquanto a Névoa não Passa

Quarta-feira, 16, às 20h – Teatro Vitória (Intimista 80 Lugares)

Paul Sheldon é um famoso escritor. No dia em que termina de escrever um novo manuscrito, decide sair para comemorar, apesar da forte névoa. Após derrapar e sofrer um grave acidente de carro, Paul é resgatado pela enfermeira aposentada Annie wilkes, que surge em seu caminho. A simpática senhora é também uma leitora voraz que se autointitula a fã número um do autor. No entanto, o desfecho do último livro, desperta na enfermeira seu lado mais sádico e psicótico. Isolado em um quarto, Annie inicia uma série de torturas e ameaças. Dois personagens perdidos em meio a névoa e o frio, em um inesperado reencontro.

Classificação: 14 anos

Grupo: Espaço Núcleo

Cidade: Limeira – SP

Direção: Jonatas Noguel

Elenco: Matheus Gonçalvez e Ana Júlia Nogueira.

Teatro de Rua: As Presepadas de Damião – de como fez fortuna, venceu o Diabo e enganou a morte com as graças de Jesus Cristo

Quinta-feira, 17, às 14h – Praça Toledo Barros

Comédia de rua baseada em contos populares de enganar a morte. Na Trama, Damião tem seu destino transformado ao ser visitado por dois misteriosos viajantes: Jesus Cristo e São Pedro. Em agradecimento a sua hospitalidade, Damião recebe a prenda de três pedidos e acaba alterando o ciclo natural das coisas ao impedir que a morte cumpra sua sentença. Por meio da interpretação de matrizes estéticas da cultura popular brasileira, encontradas no Maracatu, no Cavalo-marinho e na Folia de Reis, a trupe narra a saga desse anti-herói, símbolo de todos os sobreviventes de nosso país que, dia após dia, enganam a morte à sua própria maneira.

Classificação: 12 Anos

Grupo: Damião e cia de Teatro

Cidade: Campinas – SP

Direção: Mario Santana

Elenco: André Sun, Bruna Recchia, Cadu Ramos, Lucas Marcondes, PAmela Leoni, Rafael D´Alessandro e Rodrigo Nasser.

Espetáculo Adulto: Receita para Morrer em VIII Dias

Quinta-feira, 17, às 20h – Teatro Vitória

Nasser não é lembrado por sua antiga namorada que ainda estima e teve sua preciosa cítara destruída. Sem amor e sem música, depressivo, ele escolhe morrer. Deita em sua cama e após oito dias em torno de apenas sua família, ele revê suas escolhas, seu passado e suas relações e morre. E dentro de cada relação, há um mergulho na beleza das falhas e dos critérios que levam um a entender ou julgar o outro nos momentos mais íntimos e mais críticos: a morte.

Classificação: 14 Anos

Grupo: Cia Zero Zero

Cidade: São Paulo – SP

Direção: Daves Otani

Elenco: Bruno Garcia, Thaís Brandeburgo, Liana Ferraz e Igor Amanajá.

Espetáculo Infantil: Para Contar Estrelas

Sexta-feira, 18, às 10h – Teatro Nair Bello

Os “Guardadores de Tempo”, dois seres atemporais e imaginários, viajam pelo universo em busca de capturar todos os tipos de tempo. Em cada lugar que aportam, o procedimento padrão ditado pelo seu patrão, o relógio, é realizado e assim um novo tempo é capturado. Hoje eles estão aqui, atrás de um tempo ainda desconhecido para eles, um tempo aqui e agora. Será que o procedimento padrão de hoje será realizado com sucesso? Será que o mundo ainda tem tempo para ser guardado? Ainda se encontra um tempo livre “para contar estrelas”?

Classificação: Livre

Grupo: Grupo Cirandela Teatro

Cidade: Criciúma – SC

Direção: Grupo de Teatro Cirquinho do Revirado (Reveraldo Joaquim e Yonara)

Elenco: Bruno Andrade e Priscila Schaucoski

Espetáculo Adulto: Maurice

Sexta-feira, 18, às 20h – Teatro Vitória

“Maurice” é quase um drama autobiográfico inspirado na obra do escritor inglês E.M. Foster, que narra a trajetória de autodescoberta e aceitação da sexualidade de um jovem aristocrata inglês. Maurice Hall, personagem-título e alter ego de Forster, é um jovem da alta burguesia rural inglesa que perde o pai ainda na infância e é criado sem uma referência masculina forte. Quando ele então atinge a idade adulta, vai estudar em Cambridge, onde, na tradicional cidade-universitária, conhece Clive Durham, aristocrata por quem se apaixona e com que vive uma história de amor clandestina e platônia, embora partilhada.

Classificação: 16 anos

Grupo: Cia de Teatro Sala 3

Cidade: Goiânia – GO

Direção: Altair de Sousa

Elenco: Andreane Lima, Esley Zambel, VictorMelo, Isabella Naves e Gabriela Lima.

Espetáculo Adulto: Borra

Sábado, 19, às 20h – Teatro Vitória

O Espetáculo “Borra” trata as relações conflituosas de oito personagens que têm seus destinos cruzados dentro de uma cela, e que estão o tempo todo buscando maneiras de se assegurar perante os outros, por brigas, olhares, imposições e até mesmo pela demência. O espetáculo coloca o espectador cara a cara com a realidade apresentada, onde a sobrevivência é a única regra em um mundo protegido pelas grades do sistema carcerário.

Classificação: 16 Anos

Grupo: Trupe Investigativa Arroto Cênico

Cidade: Nova Iguaçu – RJ

Direção: Marcos Covask

Elenco: Beto Monteiro, Eric de Moraes, Erick Galvão, Jonathan Silva, Luiz felipe Machado, Marlon Souza, Pablo Pereira, Rafael Fonseca e Ygor Lima

Teatro de Rua: O Auto da Folia

Domingo, 20, às 10h30 – Praça Toledo Barros

O “Auto da Folia: Jesus, José e Maria” é um espetáculo teatral de rua que conta de forma lúdica e irreverente a história do nascimento de um dos ícones da cultura ocidental: Jesus. Foi concebido pelo Diretor Teatral da Trupe Ventania, Maurílio Romão, que se inspirou em toda a tradição estética dos ternos de congo, companhias de pastores e folias de reis. Como cenário, torvando-se palácio, casa e, por fim, manjedoura, está fifi, uma kombi adaptada exclusivamente para o espetáculo, que garante mobilidade e acessibilidade a todo público, assim como nos autos medievais. Além disso, “Auto da Folia” conta com a toda a trilha sonora totalmente executada ao vivo pelos 15 atores.

Classificação: Livre

Grupo: Trupe Ventania

Cidade: Passos – MG

Direção: Maurílio Romão

Elenco: Adriana Nogueira, Dalber Rodrigues, Douglas Quintino, Gilson Ferreira, Juliana Mota, Loureny Cristiny, Lua Melo, Lucas Eduardo, Matheus Piotto, nelma Slva, Rodrigo Oliveira, Thales Di Carmo, Vanessa Duarte, Vânia Ságio, Gabriel Neves e Emanuel Arcanjo

Encerramento: Show com a banda Quimbará

Domingo, 20, às 19h – Teatro Vitória

A banda paulistana Quimbará aproxima ricos universos da música latino-americana mesclando culturas, ritmos, sabores e tradições em um show para “bailar y guarachar”. O grupo toca desde cumbias colombianas e salsas porto-riquenhas até ritmos cubanos tradicionais, trazendo um olhar peculiar sobre a música caribenha que ultrapassa fronteiras em arranjos dançantes feitos exclusivamente para esta formação.

Quimbará faz parte do projeto Música na Estrada, do Instituto CCR em parceria como Pensarte, que tem o objetivo de apresentar diferentes estilos musicais, com uma roupagem moderna, trazendo elementos do jazz e da música contemporânea.

Classificação: Livre

Veja os endereços dos locais em que acontecem os espetáculos:

Teatro Vitória: Praça Toledo Barros, s/nº – Centro

Teatro Nair Bello: R. João Kuhl Filho, s/nº – Vila São João (Parque Cidade)

CEU: Av. Pref. Ari Levi Pereira – Bairro Geada

Comments

comments