Senado Federal votará título da Capital Nacional da Joia Folheada para Limeira

 Objetivo do deputado é traçar uma estratégia legislativa para aprovar o PL próximo ao aniversário da cidade

 O projeto de lei que concede título de Capital Nacional da Joia Folheada para Limeira foi aprovado na Comissão Educação, Cultura e Esporte (CE) do Senado Federal.

 Agora, a proposta chegou ao Plenário da Casa. O deputado limeirense fará gestão junto aos líderes de cada bancada solicitando que a propositura seja levada à pauta de votação ainda neste mês de agosto.

 “É uma boa notícia para o setor de joias folheadas da nossa cidade porque este título oferece novas oportunidades. A ALJOIAS, por exemplo, pode explorar este título para fomentar o turismo de negócios em nossa cidade. Isso significa mais atividade econômica que pode gerar benefícios tanto para quem emprega quanto para o trabalhador”, explicou o deputado.

 Outros dois parlamentares já haviam tentado emplacar esta ideia antes, mas não tiveram êxito. Lombardi apresentou o projeto de lei 743 de 2015 em março de 2015 na Câmara dos Deputados. O texto, após passar pela Comissão de Cultura e pela Constituição e Justiça e Cidadania (CCJC), foi aprovado no Plenário da Câmara em março deste ano. Em tempo recorde a propositura avançou até o Plenário do Senado após ser avalizado pela CE. Um feito para um deputado com pouco mais de dois anos de mandato. Além deste projeto de lei, Lombardi já protocolou outras 11 propostas no Congresso Nacional.

 ALJ celebra aprovação

 O presidente da ALJ (Associação Limeirense de Joia), Rodolfo Dib Mereb Jr, elogiou a luta do deputado federal Miguel Lombardi para que o Congresso Nacional reconheça Limeira como a Capital Nacional da Joia Folheada. “A atuação do deputado limeirense foi fundamental para o projeto chegar onde chegou. Ele trabalha com amor pela cidade. Há muito tempo que aguardamos este reconhecimento oficial e agora este sonho está mais próximo. Sabemos que o deputado Miguel está empenhado em mais esta conquista para a nossa cidade”, comentou Mereb. Na opinião do presidente a concessão deste título seria um grande impulso para o setor uma vez que viabilizaria novas ações de empreendedorismo. “Limeira passaria a ser vista com outros olhos. Mudaríamos de status e abriríamos muitas portas”, atestou o presidente da ALJ.

 O objetivo do deputado Miguel Lombardi agora é traçar uma estratégia legislativa para aprovar o PL próximo ao aniversário da cidade. “É muito difícil, mas seria um presente ideal para a nossa cidade”, frisou. (Da redação Portal Notícia de Limeira)

Comments

comments