Auditoria aponta quase 350 mil cadastros fraudados no Bolsa Família

 Famílias com grande condição aquisitiva recebiam o benefício

 Uma auditoria da Controladoria-geral da União (CGU) revelou que cerca de 350 mil cadastros do Bolsa Família, são fraudes, chegando em mais de R$ 1 bilhão de gastos com pessoas que não tinham direito ao benefício.

 A auditoria ainda revelou que funcionário público recebia o benefício, assim como famílias com casa própria e carro de luxo. Todos estes serão identificados no cadastro.

 Somente tem o benefício, famílias que ganham até R$ 170 por pessoa. Foram canceladas 700 mil pagamentos da Bolsa Família, desde 2016. (Cauê Pixitelli)

 Foto: Reprodução/Fonte: G1

Comments

comments