Por: Redação Notícia de Limeira | Publicado em 15 de agosto de 2019

Compartilhe

 A iniciativa faz parte do projeto “Pé na Estrada” da Policia Rodoviária Estadual

 De mãos dadas e respeitando as dicas dos policiais rodoviários, as crianças do 3º ano da Escola Maria Pagoto Moraes saíram pelas ruas do bairro Jardim Cordeiro nesta manhã desta quinta-feira (15) para juntos compartilharem os conhecimentos obtidos em sala de aula com os moradores e comerciantes. A iniciativa faz parte do projeto “Pé na Estrada” da Policia Rodoviária Estadual e conta com o apoio da Secretaria de Educação de Cordeirópolis.

 A diretora da escola, Roberta Macedo, destacou a importância deste trabalho educativo e preventivo junto as crianças e moradores. “Ter um projeto em parceria com a Polícia Rodoviária nos deixa muito feliz. O aluno tem a chance de conhecer melhor sobre a importância da educação no trânsito, além disso, eles passam todo o conteúdo aprendido aos seus familiares. Tanto na parte teórica como na prática, os alunos passaram por situações do cotidiano e aprenderam sobre as leis e regras do trânsito, sendo essenciais para termos uma cidade organizada e segura”, pontuou.

 Conforme o secretário de Governo e Segurança, Nivaldo Menezes, o aprendizado quando é passado para a criança ainda pequena, ela entende a importância de respeitar as normas e acaba passando isso aos pais no presente, tornando-se motoristas responsáveis no futuro. “A partir daqui eles terão uma formação e na fase adulta terão o conhecimento de respeitar a legislação de trânsito”, complementou Menezes.

 Sobre o programa

 O programa é uma iniciativa da Polícia Militar do Estado de São Paulo, por meio do Comando Policiamento Rodoviário e em parceria com o Poder Público. O objetivo é proporcionar aos alunos participantes ensinamentos básicos de trânsito, ou seja, uma ação institucional que atinge diretamente o cidadão, despertando a importância de obedecer às leis de trânsito e, consequentemente, atingir os familiares e pessoas próximas, almejando um trânsito seguro e humanizado. (Da redação portal Notícia de Limeira)


Compartilhe

Comentários

comentários