Por: Redação Notícia de Limeira | Publicado em 8 de novembro de 2019

Compartilhe

 De acordo com a vice-prefeita, Fátima Celin, o fórum foi um momento especial para discussão da violência contra a mulher

 “Conheço minha luta e minha dor. E agora? Pra onde vou?”, foi tema do 5° Fórum de Enfrentamento à Violência Contra a Mulher, realizado na manhã desta sexta-feira (08). Participaram deste encontro o prefeito, Adinan Ortolan, a vice-prefeita, Fátima Celin, a secretária da Mulher e Desenvolvimento Social, Márcia Carron, a presidente da Câmara Municipal, Cássia de Moraes e os vereadores, Antônio Lemão, Sandra Cristina dos Santos e a presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, Izabel Aparecida do Amaral.

 O evento realizado pela Prefeitura de Cordeirópolis, por meio da Secretaria da Mulher e Desenvolvimento Social reuniu estudantes e profissionais das áreas da Assistência Social e da Saúde, secretários, guardas municipais, patrulheiros, além da população que receberam as boas-vindas com um belo café da manhã.

 De acordo com a vice-prefeita, Fátima Celin, o fórum foi um momento especial para discussão da violência contra a mulher. “Os índices da violência só aumentam e isso precisa parar. E só vai parar com a mobilização e a organização de todos nós presentes e de toda a comunidade. Precisamos mudar a situação que estamos vivendo, se não ficará mais difícil de conseguirmos alcançar os nossos objetivos referentes à violência contra nós mulheres”, destacou Fátima.

 A secretária da Mulher e Desenvolvimento Social, Márcia Carron, lembrou que o Fórum faz parte de um conjunto de ações voltadas ao enfrentamento da violência contra à mulher. “Nosso objetivo principal é alertar todas as mulheres que podemos fazer diferente denunciando qualquer tipo de agressão que venha ser sofrida, diminuindo com isso o índice de violência em nossa cidade”, disse a secretária.

 Após as declarações das autoridades, o público acompanhou a palestra ministrada pela Dr. Marcela O. V. Novaes do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) de Limeira. (Da redação portal Notícia de Limeira)


Compartilhe

Comentários

comentários