Por: Redação Notícia de Limeira | Publicado em 19 de março de 2020

Compartilhe

 O necrotério da cidade não consegue mais acomodar o volume de caixões

 A cidade de Bergamo, no norte da Itália, passa por situação complicada devido ao novo coronavírus. Na noite desta quarta-feira (18), moradores flagraram caminhões do exército transportando caixões de pessoas mortas pelo vírus. Segundo informações da imprensa local, devido ao alto número de mortos, o necrotério da cidade não consegue mais acomodar o volume de caixões.

 O único crematório local está ativo 24 horas por dia há mais de uma semana, porém, só consegue incinerar cerca de 25 corpos por dia, em sua capacidade máxima. O local não consegue dar conta da demanda. Desde terça-feira (17), a única solução tem sido o uso de caminhões militares para o transporte dos corpos para cremação em outros locais da região.

 De acordo com o prefeito de Bergamo, Giorgio Gori, 93 pessoas foram mortas, somente na quarta-feira (18), a maioria decorrente do coronavírus e outras com sintomas compatíveis, mas sem a realização de testes. A imprensa local informou que não se sabe a quantidade exata de caixões que foram transportados pelos caminhões, mas acredita-se que tenham sido cerca de 60.

 A Itália passa por situação crítica devido ao coronavírus, sendo o país mais afetado da Europa. O total de óbitos chegou a 2.978. Ontem (18), a Itália registrou 475 mortes em 24 horas, o número mais alto em um país até agora, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS). (Rafael Coelho)

 Imagem: reprodução


Compartilhe

Comentários

comentários