Por: Redação Notícia de Limeira | Publicado em 21 de maio de 2020

Compartilhe

 Atualmente, a cidade possui 32 pacientes monitorados que testaram positivo para covid-19

 A Prefeitura de Cordeirópolis realizou na manhã desta quinta-feira (21), uma coletiva de imprensa on-line par atualizar as informações relacionadas ao combate ao novo coronavírus (covid-19). O prefeito da cidade, Adinan Ortolan, iniciou a coletiva lamentando os dois óbitos confirmados por coronavírus no município. Assim como o Notícia de Limeira mostrou, Cordeirópolis registrou duas mortes por covid-19 na terça-feira (19), sendo a primeira de um homem de 88 anos e a segunda de um homem de 81 anos. “Essas duas pessoas nos deixaram e infelizmente por essa doença que tem vitimado milhares de pessoas no mundo todo e tem afetado a vida de todo mundo”, disse o prefeito.

 Fátima Celin, vice-prefeita de Cordeirópolis, agradeceu as costureiras que confeccionaram máscaras para distribuição de mais de 8 mil kits pelos bairros do município. Segundo Fátima, mais de 30 bairros receberam kits de máscaras e álcool em gel, que foram distribuídos para as famílias. “Teve elogio da população pela qualidade do trabalho na costura das máscaras e a gente só tem a valorizar esse trabalho tão importante”, disse.

 A diretora de Média e Alta Complexidade de Cordeirópolis, Kellen Rampo, atualizou os números de covid-19 na cidade. O município possui 39 casos confirmados da doença. Até o momento, já foram realizados mais de 350 testes rápidos e 150 testes através do exame PCR. De acordo com a diretora, a partir de hoje (21), os munícipes só deverão procurar o Hospital Municipal para realizar testes, com autorização da Vigilância Epidemiológica.

 A secretária de Saúde, Jordana Cassetário, falou sobre o monitoramento que a pasta vem fazendo em parceria com a Guarda Civil Municipal (GCM), nas pessoas que estão em isolamento social devido a confirmação de covid-19. Atualmente, a cidade possui 32 pacientes monitorados. Para monitorar a situação, a GCM recebe os dados da Secretaria de Saúde sobre as pessoas positivadas e, além das visitas nas residências, para saber se elas estão cumprindo o isolamento para evitar o contágio de outros cidadãos, cadastra as placas dos automóveis das pessoas com coronavírus na muralha digital, para verificar se elas circulam com seus respectivos veículos.

 O delegado de polícia de Cordeirópolis, Dr. William Marchi, falou sobre as punições para aqueles que testaram positivo para covid-19 e que não permanecem em isolamento social. Ele contou que recebeu informações de pessoas contaminadas que foram até Limeira a trabalho, expondo seus colegas de trabalho e familiares. De acordo com o delegado, a pessoa poderá responder criminalmente pelo ato e até ser punida com reclusão de até quatro anos. “Nós já estudamos alguns protocolos onde serão instaurados inquéritos policiais em desfavor das pessoas contaminadas que estão tendo todo suporte da administração pública, está sendo devidamente orientado junto à seus familiares e essas pessoas por não estar sentindo esses sintomas, eles desrespeitam a determinação de isolamento e estão saindo às ruas para contaminar outras pessoas. Essas pessoas serão responsabilizadas”, disse o delegado. (Rafael Coelho)


Compartilhe

Comentários

comentários