Por: Redação Notícia de Limeira | Publicado em 17 de setembro de 2018

Compartilhe

 O prazo já está em vigor e vai até 30 de novembro


Inscritos no programa Bolsa Família devem procurar a Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima para fazer o acompanhamento de saúde exigido pelo Ministério do Desenvolvimento Social (MDS). A Secretaria de Saúde de Limeira informa que esse procedimento é voltado a 18.230 pessoas. Para tanto, é necessário apresentar o cartão do Bolsa Família.

 Na unidade de saúde, os beneficiários devem fazer a medição do peso e altura de todos os membros inscritos, além de apresentar a carteira de vacinação das crianças até sete anos – que deve estar em dia. Já as gestantes precisam levar o comprovante de comparecimento às consultas de pré-natal. Todos os dados coletados pela prefeitura serão enviados ao Governo Federal, que avalia o impacto do programa e o estado de saúde das pessoas atendidas.

 Segundo a nutricionista e coordenadora do Programa de Suporte à Saúde da Secretaria de Saúde, Lilia Maria Alves Gomes, o acompanhamento deve ser realizado duas vezes por ano, para que o recurso continue sendo enviado pelo MDS. “O não comparecimento pode ocasionar a suspensão do benefício pelo Ministério do Desenvolvimento Social”, frisou. A coordenadora salientou, ainda, que a medida é uma estratégia para promover o acesso dessas pessoas aos serviços de saúde.

 Para reforçar a necessidade do acompanhamento, Lilia destacou que as escolas municipais encaminharão recados às famílias por meio do caderno dos alunos beneficiados. Nos próximos dias, ela informou que todas as unidades de saúde receberão cartazes informativos.

 O Bolsa Família é um programa de transferência condicionada de renda que beneficia famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza em todo o país. O programa atende famílias com renda por pessoa de até R$ 89,00 mensais ou famílias com renda por pessoa entre R$ 89,01 e R$ 178,00 mensais, desde que tenham crianças ou adolescentes de 0 a 17 anos.

 Para participar do programa, é necessário inscrever-se no Cadastro Único, que em Limeira é de responsabilidade do Ceprosom. Como contrapartida, as famílias inscritas devem cumprir condicionantes das áreas de Saúde, Educação (frequência escolar de 85% para crianças e jovens de 6 a 15 anos) e Assistência Social. De acordo com o Ceprosom, há 12.070 famílias inscritas no município, que recebem em média R$ 212,38 por mês. (Da redação Portal Notícia de Limeira)


Compartilhe

Comentários

comentários