Por: Redação Notícia de Limeira | Publicado em 19 de setembro de 2018

Compartilhe

 O evento começou nesta quarta-feira (19) no Teatro Nair Bello

 A X Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Limeira começou, nesta quarta-feira (19), com o Teatro Nair Bello lotado. Promovida pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), a conferência tem como tema “Proteção Integral, Diversidade e Enfrentamento das Violências” e contou com 389 pessoas, além das autoridades. A presidente do Fundo Social de Solidariedade, Roberta Botion, representou o prefeito Mario Botion na abertura do primeiro dia. “É muito importante participar desta conferência que traçará todas as diretrizes que serão incorporadas às políticas públicas voltadas à criança e ao adolescente”, disse. O vice-prefeito, Júlio Pereira dos Santos, o dr. Júlio, também esteve presente.

 A presidente do CMDCA, Paula Furlan, falou que conferir as políticas públicas é um ato legitimado pela Constituição e pelo Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). “Participar deste marco nos torna ainda mais responsáveis pela luta incessante na garantia de direitos”, falou. Segundo ela, é necessário enfrentamento às diversas formas de violações, e união para avaliar as políticas municipais. “O CMDCA tem o compromisso de monitorar as deliberações junto ao poder público, visando a efetivação das necessidades apresentadas, numa perspectiva de acesso e possibilidade para nossas crianças e adolescentes.”

 Paula ainda agradeceu à gestão do CMDCA pelo trabalho desenvolvido e ao Ceprosom pelo apoio “administrativo, financeiro e técnico, cumprindo seu papel de gestor com responsabilidade e compromisso”. Presidente do Ceprosom, Aucélia comentou sobre o desafio de se debater o tema da conferência e que essa discussão exige uma mudança de paradigmas e de conceitos. “Precisamos ter um olhar mais humanizado e, enquanto gestores, estarmos atentos e prontos para oferecer serviços de qualidade que possibilitem a realização de sonhos e projetos de vida.”

 Aucélia também falou da importância de se discutir temas como a primeira infância, considerada a fase mais importante do desenvolvimento humano, adolescentes envolvidos em atos infracionais, medidas socioeducativas, baixa escolaridade e a profissionalização dos jovens. Ela também citou o investimento da atual gestão para ampliar o atendimento de qualidade às crianças e adolescentes. “O Ceprosom e a Rede Socioassistencial atendem mais de 3.800 crianças e adolescentes e estamos ampliando o investimento humano e financeiro nessa área.”

 O membro do grêmio estudantil da E.E. Cônego Manuel Alves, Felipe de Oliveira Campos, representou os jovens que participaram da conferência e falou sobre a oportunidade de discutir o tema proposto, destacando o fato de boa parte dos presentes serem jovens engajados na busca por direitos. “Estarmos aqui é um passo muito importante para mostrarmos que estamos lutando para que tenhamos um futuro melhor”, citou. “Nós temos o poder de construir uma nova e melhor sociedade.”

 O vice-prefeito dr. Júlio enfatizou a participação dos jovens na conferência. “É um público sabedor do que fazer e com pensamento para o futuro. Fico muito satisfeito por ter ouvido o Felipe dizendo que sabe aquilo que os jovens querem para terem seus direitos assegurados e uma melhor qualidade de vida.” Dr. Júlio também lembrou que hoje são oferecidos mais caminhos para busca e garantia desses direitos. “Que essa conferência traga frutos para que os jovens possam ter mais qualidade de vida.”

 O presidente da Câmara, José Roberto Bernardo, colocou o Legislativo à disposição do conselho e afirmou que é gratificante ver o teatro lotado de pessoas engajadas e com propósitos para buscar soluções que podem ser colocadas em prática, sempre com o olhar voltado às crianças e adolescentes. Ludma de Oliveira, representando o Conselho Tutelar, também falou da importância da conferência no sentido de garantir direitos.

 A assessora técnica da Recapp, Rosa Federici, também esteve presente e elogiou o município e o conselho pela mobilização e participação para realização da conferência. A Recapp apresenta dados e indicadores de população, como Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM). Também participaram da abertura a conselheira tutelar Maria Hilda Costa Galvana, a gerente da Casa dos Conselhos, Edilaine Schenke, o professor Jonas Beltrão, representando a Diretoria Regional de Ensino, e a delegada da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM), dra. Nilce Segalla, além das vereadoras Lu Bogo e Erika Tank.

 PROGRAMAÇÃO

 Ainda durante a abertura da conferência, a Jovem Aprendiz do Campl, Júlia de Queiroz Carvalho, realizou uma apresentação musical. Depois, houve a leitura e aprovação do Regimento Interno da conferência, palestras e orientações aos participantes.

 No período da tarde, eles se dividiram em grupos temáticos, organizados em cinco eixos temáticos: Eixo I: Garantia dos Direitos e Políticas Públicas Integradas e de Inclusão Social; Eixo II: Prevenção e Enfrentamento da Violência contra Crianças e Adolescentes; Eixo III: Orçamento e Financiamento das Políticas para Crianças e Adolescentes; Eixo IV: Participação, Comunicação Social e Protagonismo de Crianças e Adolescentes; Eixo V: Espaços de Gestão e Controle Social das Políticas Públicas de Crianças e Adolescentes.

 Amanhã (20) é o segundo dia de conferência, quando haverá apresentação e validação das propostas apresentadas pelos grupos temáticos e, posteriormente, eleição dos delegados que representarão Limeira na Conferência Regional. A programação começa às 8h, com uma apresentação cultural. (Da redação Portal Notícia de Limeira)


Compartilhe

Comentários

comentários