Por: Redação Notícia de Limeira | Publicado em 1 de outubro de 2018

Compartilhe

 Atividade faz parte de campanha em defesa de coleta segura em Limeira

 Conscientizar crianças sobre o descarte correto de resíduos sólidos para uma coleta segura do lixo em Limeira. Com esse objetivo, a Câmara Municipal, por meio da Escola Legislativa Paulo Freire, realizou nesta sexta-feira, 28 de setembro, uma ação educativa na Escola Municipal de Educação Infantil e Ensino Fundamental (EMEIEF) Professora Raquel Aparecida Gonçalves Franceschi, localizada no Residencial Rubi. A atividade faz parte da Semana da Conscientização da Proteção aos Profissionais Coletores de Lixo, instituída pelo Decreto Legislativo Nº 34/2016, de iniciativa da vereadora Lu Bogo (PR). O trabalho contou com a participação da idealizadora da campanha.

 O texto legislativo de autoria da vereadora trata da prevenção aos acidentes provocados durante a coleta de lixo. O objetivo é envolver a sociedade na sensibilização sobre como é fundamental manter o descarte seguro do lixo doméstico. “A simples ação de jogar o lixo fora pode mudar muito o meio ambiente, a saúde pública”, cita o decreto, que também defende a reflexão sobre a importância de separar o lixo doméstico do reciclável.

 Além de levar informações sobre a Semana e o decreto legislativo, a Escola Legislativa fez uma explanação sobre o tema junto com a parlamentar. Durante a ação, foi distribuído material educativo com orientações sobre a forma correta de descartar de matérias cortantes e perfurantes como forma de garantir a saúde de todos que manuseiam o lixo. Para o descarte com segurança de objetos pontiagudos foi citado o uso de garrafas PET e de folhas de jornal para embalar vidros (quebrados ou inteiros).

 O trabalho de distribuição do material educativo foi um ato simbólico alinhado com escolas municipais que trabalham o tema de educação ambiental ou que precisam de reforço nas informações devido à situação do bairro, como é o caso do Residencial Rubi, que passa por um recente processo de crescimento habitacional no entorno.

 “O mais importante foi ter envolvido crianças, porque ela serão multiplicadoras. Tudo que elas aprenderam sobre o descarte correto será repassado para as famílias e para outras pessoas do bairro”, comentou a vereadora Lu Bogo. (Da redação Portal Notícia de Limeira)


Compartilhe

Comentários

comentários