Por: Redação Notícia de Limeira | Publicado em 18 de janeiro de 2019

Compartilhe

  A iniciativa visa oferecer mais eficiência nos deslocamentos da população

 O prefeito Mario Botion recebeu nesta sexta-feira (18) representantes da empresa GPO Sistran Engenharia – contratada pela Prefeitura de Limeira para desenvolver o Plano de Mobilidade Urbana para o município. A reunião, com a presença dos secretários municipais e diretores das pastas, teve como objetivo a apresentação das atividades integrando as etapas práticas do projeto. “Todos os fatores que envolvem a mobilidade da cidade serão analisados, incluindo táxis, aplicativos, transporte coletivo e fluxo de veículos. A iniciativa visa oferecer mais eficiência nos deslocamentos da população, permitindo mais segurança, fluidez e agilidade ao tráfego. É mais um compromisso previsto em nosso plano de governo que está sendo cumprido”, afirmou o prefeito.

 A primeira etapa já foi concluída com a elaboração do Plano de Comunicação e Participação Social. “A empresa recebeu vários dados, desde informações sobre linhas do transporte coletivo, até o Plano Diretor do Município. A colaboração de todas as secretarias foi fundamental para este trabalho”, explicou o secretário de Mobilidade Urbana, Rodrigo Oliveira.

 Nesta fase inicial, também foram elaboradas peças de comunicação como materiais audiovisual e digital para mídias tradicionais e online que serão o suporte para divulgação das etapas do Plano de Mobilidade. O Plano de Comunicação será aplicado durante toda a vigência contratual.

 Neste momento, a empresa atua na segunda etapa do trabalho – mobilização e levantamento de informações por meio da montagem da base de dados georreferenciada para o desenvolvimento do Plano de Mobilidade. O programa de pesquisas de tráfego e transportes será executado a partir do começo do ano letivo de 2019. O alcance da pesquisa será a casa do cidadão a ser entrevistado, bem como locais estratégicos de fluxo de veículos.

 A terceira fase será a análise e caracterização do sistema de mobilidade (diagnóstico e prognóstico). Outras etapas de desenvolvimento serão aplicadas e ao final, o plano – que será submetido ainda a audiências públicas – servirá como base para a elaboração de um projeto de lei a ser encaminhado e votado pela Câmara Municipal. A proposta a ser apresentada pela empresa terá ainda que estar em consonância com diretrizes viárias do Plano Diretor do Município, e também será utilizada para intervenções futuras na malha viária. (Da redação portal Notícia de Limeira)


Compartilhe

Comentários

comentários