Por: Redação Notícia de Limeira | Publicado em 20 de fevereiro de 2019

Compartilhe

 O município não dispõe de canil, por esse motivo os animais resgatados dependem de lar temporário

 Para promover a melhor conscientização, a Prefeitura Municipal, por meio da Coordenadoria de Bem-estar Animal de Cordeirópolis, tem intensificado cada vez mais a campanha de adoção de animais que envolve também a busca por lares definitivos ou temporários para cães e gatos abandonados. Além do apoio da Secretaria de Meio Ambiente, este processo de adoção conta também com a ajuda dos protetores de animais do município que se organizaram e juntos já resgataram desde o início de 2017 dezenas de filhotes que foram encaminhados para adoção.

 Segundo o secretário de Meio Ambiente, Joaquim Dutra, o município não dispõe de canil, por esse motivo os animais resgatados dependem de lar temporário para sua recuperação e posterior adoção. “Qualquer pessoa que tenha afinidade com animais, espaço, tempo e responsabilidade em cuidar temporariamente pode ser um candidato a lar provisório. Sendo assim, encaminhamos o animal juntamente com a ração e a medicação quando é necessário para o seu tratamento. Caso a pessoa deseja adotá-lo, deve procurar a coordenadoria, onde realizamos uma entrevista, alertamos sobre os cuidados que é ter durante sua vida, além de assinar um termo de adoção responsável”, explicou.

 Dutra ainda destacou sobre os atendimentos realizados na última semana. “Foram castrados 50 animais, totalizando 2.080 animais castrados desde o início do programa instaurado em abril de 2017. Na última semana também foram doados mais sete animais e o Pelotão Ambiental recebeu cinco denúncias de maus tratos, que foram encaminhadas para a delegacia de Polícia da cidade”, informou.

 #PessoasQueFazemoBem:

 Uma das pessoas que abraçou o programa de adoção foi o Alex Rodrigues Leal da Silva, que falou um pouco sobre sua experiência de adotar um filhote. “Recebi o cãozinho já medicado e com banho tomado, feito isso, assinei um termo de guarda responsável”. Para o outro morador, Flavio Alves da Rocha, esta ação da Prefeitura é muito importante para evitar que esses animais fiquem nas ruas abandonados e sem nenhum cuidado.

 Todo esse processo de adoção conta com a ajuda do Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente de Cordeirópolis (COMDEMA), assim explica a presidente, Kátia Cilene. “Estamos sempre empenhados nesta luta junto aos voluntários do município. Mas a colaboração da população é primordial, por isso precisamos que mais pessoas ofereçam seus lares para abrigarem animais em atendimento emergencial, pois não adianta só adotar, tem que cuidar e dar muito amor”, disse Kátia. (Da redação portal Notícia de Limeira)


Compartilhe

Comentários

comentários