Por: Redação Notícia de Limeira | Publicado em 22 de fevereiro de 2019

Compartilhe

 O evento contou com a presença do prefeito Mario Botion

 Uma cerimônia, na manhã desta quinta-feira (21), marcou a entronização do nome da professora Raquel Aparecida Gonçalves Franceschi à escola localizada no Parque Residencial Rubi. O evento contou com a presença do prefeito Mario Botion, da primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Roberta Botion, que é irmã de Raquel, e da mãe da professora, Dalva Gonçalves Franceschi, além de outros familiares. Também participaram o secretário de Educação, André De Francesco, e os vereadores Erika Tank e Jorge de Freitas, autor do projeto de lei que homenageia a professora.

 Gratidão foi a definição da mãe Dalva Franceschi. “Esta escola está abençoada pelo amor da Raquel, que foi uma linda jovem de corpo, mas, sobretudo, de alma. Ela nasceu com o dom de amar e ensinar”, falou, emocionada. Roberta Botion, irmã de Raquel, agradeceu a presença de todos durante a cerimônia. “A Raquel era tudo isso o que minha mãe falou e muito mais. Estamos muito felizes pois a escola é linda e tenho certeza que sairão bons frutos dessa unidade”, comentou.

 Raquel formou-se em pedagogia na Universidade Metodista de Piracicaba (Unimep). Segundo Dalva, além do ensino, a filha tinha um grande interesse pelos livros. “Na época, o Cebolinha e o Chico Bento eram a paixão dela, que lia e depois emprestava os gibis para todo mundo, pois queria que todo mundo também lesse”, contou. “Essa escola sempre estará iluminada pelo amor e pela vontade de vencer”, completou.

 O prefeito Mario Botion falou da satisfação de poder homenagear Raquel entronizando seu nome à escola do Rubi. “Estamos elevando e enaltecendo o nome dela a uma escola por sua contribuição na educação”, falou. Botion também destacou o trabalho realizado pela rede municipal, ao longo dos anos, para garantir um ensino de qualidade aos alunos. “A rede que temos é muito boa e o que vemos aqui é resultado desse trabalho”, afirmou. “A Emeief Raquel é uma escola importante, que acolhe cerca de 600 crianças dessa grande e importante região do município”, complementou.

 O secretário de Educação, André De Francesco, também enalteceu a importância da escola em receber o nome da professora Raquel. “Quando eternizamos o nome de uma pessoa em um equipamento educacional, isso eleva a homenagem muito mais. É uma aposta de futuro”, definiu. Segundo ele, a educação é necessária em diversos aspectos. “No ano passado não tínhamos nada aqui na escola do Rubi. Hoje tem esperança, conhecimento e desenvolvimento”, citou.

 A professora Alessandra Pascotto é diretora da unidade e conta que também estudou na Unimep, na mesma área de formação de Raquel. “A história dela é a história dessa escola. Ela é iluminada, abençoada, organizada e mostra à cidade de Limeira a competência e a responsabilidade do servidor público de Limeira”, disse. Alessandra também destacou que a escola é inclusiva, com cerca de 40 crianças com deficiência. “Se Raquel estivesse aqui, estaria orgulhosa e feliz”.

 A diretora também elogiou o trabalho da atual administração na área de Educação. “Sou grata à Prefeitura e à Secretaria de Educação por tudo o que têm feito, por todo apoio para que essa escola funcione adequadamente e ofereça um ensino de qualidade”, disse. Ela contou que recebeu, recentemente, um recado da E.E. Paineiras, que herdou os alunos que cursaram o 5º ano no Rubi, e agora estão no 6º. “O recado foi que eles estão surpresos, nossos alunos são muito educados e estão preparados. Não tem elogio melhor.”

 O vereador Jorge de Freitas, autor do projeto que deu o nome de Raquel à escola, também emocionou-se. “Dona Dalva me disse uma vez que a Raquel tinha o sonho de ver no Brasil uma educação de primeiro mundo. Em Limeira, estamos perto disso”, falou, enaltecendo o trabalho desenvolvido pelo prefeito e pela Secretaria de Educação.

 A presidente do Ceprosom, Maria Aucélia Damaceno, e a diretora pedagógica Adriana Capicotto também participaram da cerimônia. A Emeief Raquel Aparecida Gonçalves Franceschi tem cerca de 600 alunos, do ensino infantil, 1ª e 2º etapas, e ensino fundamental, do 1º ao 5º ano. (Da redação portal Notícia de Limeira)


Compartilhe

Comentários

comentários