Por: Redação Notícia de Limeira | Publicado em 26 de fevereiro de 2019

Compartilhe

 No encontro, Botion acertou os detalhes da realização do “Dia D”

 O prefeito Mario Botion coordenou nesta terça-feira (26), no Paço Municipal (Edifício Prada), a primeira reunião de trabalho do Gabinete de Prevenção e Emergência no combate ao Aedes aegypti”. No encontro, Botion acertou os detalhes da realização do “Dia D” de combate à dengue em todas as escolas municipais, nesta quinta-feira (28), bem como do megamutirão contra a dengue, denominado “Dia da Ação e Atitude”, no dia 16 de março, das 7h30 às 12h30. Conforme a Vigilância Epidemiológica, há 28 casos confirmados de dengue no município. Outros 103 aguardam resultado de exame.

 Estiveram presentes à reunião, o vice-prefeito, Júlio Pereira dos Santos, o Dr. Júlio, o secretário de Comunicação Social, Antonio Peres, o secretário de Administração, Luiz Alberto Battistella, o secretário de Saúde, Vitor Santos, o diretor de Vigilância em Saúde, Alexandre Ferrari, além de representantes das demais pastas municipais.

 Botion destacou que a ideia do megamutirão é envolver toda a sociedade na prevenção ao mosquito, incluindo igrejas, empresas, comércio, sindicatos e ONGs, entre outros. O prefeito salientou que os servidores municipais serão chamados a participar, como forma de compensação dos pontos facultativos. As secretarias terão até esta sexta-feira (1º) para repassar ao Gabinete de Prevenção o contingente de servidores disponíveis. Paralelamente, será agendada reunião com os sindicatos que representam a categoria pedindo participação e apoio à iniciativa.

 Ainda sobre o megamutirão, Botion sugeriu que escolas, Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e centros comunitários fiquem abertos no dia para vistoriar a localidade onde estão inseridos. “A organização desse evento é uma iniciativa muito oportuna e temos o desafio de envolver a sociedade”, frisou. Além de visitas aos imóveis para controle de criadouros, haverá fiscalização de imóveis abandonados e de terrenos não edificados, vistoria de veículos abandonados e ações de limpeza compulsória.

 Botion também falou sobre a importância da criação do “Gabinete de Prevenção” e da necessidade de desenvolver um trabalho intersetorial para efetivo controle da doença. O prefeito observou que o Aedes aegypti está adaptado ao meio urbano e que a proliferação ocorre sobretudo dentro das residências. No entanto, a preocupação com a manutenção dos imóveis que pertencem ao poder público foi lembrada pelo prefeito. “Nesta quarta-feira (27), teremos uma reunião com os síndicos dos próprios públicos para reforçar a necessidade de prevenção à dengue. Nosso objetivo é manter todas as áreas que pertencem ao município, como escolas, centros comunitários e praças, livres do mosquito”, salientou. A reunião com os síndicos será às 14h, no Teatro Vitória (Praça Toledo Barros, Centro).

 Quanto à promoção do “Dia D” de combate à dengue nas escolas municipais, a chefe da Divisão de Controle de Zoonoses, Pedrina Aparecida Rodrigues Costa, comunicou a organização de um “Encontro de Educadores”, também nesta quarta-feira (27), às 8h, no Teatro Vitória, em que serão discutidas as estratégicas da ação. O objetivo, conforme Pedrina, é que as escolas desenvolvam atividades internas e externas para evidenciar o tema, como palestras e passeatas. “Precisamos de ação e atitude. As pessoas devem colocar em prática o conhecimento que já possuem sobre a dengue”, disse.

 Na ocasião, a Secretaria de Comunicação Social apresentou a nova campanha publicitária para alertar a população contra a circulação do vírus da dengue do tipo 2. A campanha contém vídeo, materiais impressos e anúncios em redes sociais. “O trabalho de prevenção à dengue vem sendo intensificado no município desde janeiro de 2017, logo que a gestão do prefeito Mario Botion tomou posse. Colocamos uma campanha de conscientização nas ruas e fizemos parceria com diversas instituições para reforçar esse trabalho. Agora, vivemos um momento diferenciado, com a aproximação da dengue do tipo 2. Precisamos mobilizar toda cidade e chamar a atenção para esse tema”, afirmou Antonio Peres.

 Dentro da perspectiva de somar esforços em torno da prevenção, Botion destacou que realizou tratativas com o Ciesp e que recebeu apoio integral da entidade para mobilizar as empresas de Limeira. “A recepção foi imediata e o Ciesp já se colocou à disposição para colaborar nesse trabalho. O propósito será estabelecer contatos com todas as entidades representativas de Limeira, como Acil, sindicatos patronais e de trabalhadores, entre outras, para juntos enfrentarmos esse grave problema. O Gabinete de Prevenção e Emergência no combate ao Aedes aegypti facilitará a integração dessas iniciativas”, salientou Botion. (Da redação portal Notícia de Limeira)


Compartilhe

Comentários

comentários