Por: Redação Notícia de Limeira | Publicado em 7 de março de 2019

Compartilhe

 Foram registradas nas últimas 24 horas no município, 40 milímetros de chuva

 A Prefeitura de Limeira informa que está adotando uma série de medidas para reverter os prejuízos causados pelas chuvas dos últimos dias. As ações envolvem diversas secretarias, que atuam para acompanhar áreas de risco, remover árvores caídas e fazer a manutenção de estradas rurais. Segundo a Defesa Civil, foram registradas nas últimas 24 horas no município, 40 milímetros de chuva no Lagoa Nova, 29,4 no Nossa Senhora das Dores, 22 no bairro Tatu e 12 no Campos Elíseos.

 Ponte Preta – O local ficou alagado na tarde de ontem (6) em razão do intenso volume de chuva na cidade. A Defesa Civil chegou na Av. Campinas antes do alagamento e permaneceu na área para garantir a segurança dos munícipes. O alarme antienchente, instalado sob a ponte no ano passado para avisar motoristas sobre o risco de alagamento, soou quando o nível de água estava em 10 centímetros. Além de alarme sonoro (sirene) e visual (giroflex), acionados automaticamente por meio de sensores, a Ponte Preta possui duas placas piscantes com advertência sobre alagamentos, em ambos os sentidos. A Defesa Civil orienta que os motoristas obedeçam os alertas e não insistam em tentar atravessar a ponte durante a ocorrência de chuvas.

 Árvores caídas – Defesa Civil e Corpo de Bombeiros trabalham intensamente para remover árvores caídas. A chuva derrubou pelo menos 20 árvores desde o final de semana. Na madrugada desta quinta-feira (7), uma árvore de grande porte veio abaixo, atingindo uma casa no Jd. Antônio Simonetti. Ninguém ficou ferido.

 Estradas Rurais – A Secretaria de Obras e Serviços Públicos atua na recuperação de estradas rurais danificadas. A estrada Tatu/Santo Antônio – afetada pelas chuvas de domingo – foi recuperada ontem (6). Hoje (7), a pasta está com equipes na LIM-235, na região do bairro Pinhal, para executar serviços de manutenção.

 Pedágio Limeira/Cordeirópolis – A ocorrência de chuvas e ventos fortes também provocou oscilações e interrupções no sistema de iluminação pública e fornecimento de energia elétrica em diferentes pontos no município. A falta de energia prejudicou o funcionamento das cabines de pedágio da Rodovia Limeira/Cordeirópolis. A Secretaria de Mobilidade Urbana acionou a Elektro ontem à tarde para solucionar o problema. No momento, as cabines seguem sem a cobrança da tarifa de pedágio. A previsão é que a energia seja restabelecida no período da tarde. (Da redação portal Notícia de Limeira)


Compartilhe

Comentários

comentários