Por: Redação Notícia de Limeira | Publicado em 12 de março de 2019

Compartilhe

 A iniciativa é da Prefeitura de Limeira, em parceria com a Faculdade de Tecnologia da Unicamp

 Os sete estagiários que irão atuar na quarta e última etapa do Censo arbóreo passaram por capacitação nessa semana. Hoje (12), o diretor de Licenciamento, Fiscalização e Áreas Verdes, Rogério Mesquita, realizou treinamento prático, com trilha pelo Parque Cidade. Ontem (11) ocorreu a parte teórica, ministrada pelo secretário de Meio Ambiente e Agricultura, Paulo Trigo. O diretor de Educação Ambiental, Augusto Schiavetto, passou orientações técnicas sobre o aplicativo utilizado no cadastro de dados.

 A partir de amanhã (13) tem início o trabalho de campo. Nesta etapa, serão percorridos os condomínios fechados. Até agora, o estudo abrangeu cerca de 90% da área urbana, em todas as regiões da cidade, sendo mapeadas 59.431 árvores. Entre as espécies mais encontradas até o momento, estão a Falsa Murta (Murraya paniculata) e o Ligustro (Ligustrum lucidum). Pata de Vaca (Bauhinia variegata), Oiti (Licania tomentosa) e diferentes tipos de Ipês também aparecem com frequência. O estudo também identificou que o estado geral de quase 90% das árvores é considerado ótimo (39%) e bom (50%). Além disso, em 68% dos casos, não há conflitos com estruturas urbanas, como calçadas e fiação elétrica.

 As informações coletadas no censo serão utilizadas para aperfeiçoar o planejamento da arborização urbana. Os dados são cadastrados em um aplicativo para smartphones, que foi desenvolvido pelo departamento de Educação Ambiental. O software também permite cadastrar cada árvore com suas coordenadas geográficas capturadas por GPS.  (Da redação portal Notícia de Limeira)


Compartilhe

Comentários

comentários