Por: Redação Notícia de Limeira | Publicado em 12 de março de 2019

Compartilhe

 Proposta aprovada busca garantir maior aproveitamento social dos centros

 Uma Proposta de Emenda à Lei Orgânica Nº 1/2018, do vereador Jorge de Freitas (Patri), foi aprovada na sessão desta segunda-feira, 11 de março. Agora a administração dos centros comunitários poderá ser exercida pela associação de moradores ou entidade representativa nos bairros. Antes a responsabilidade cabia somente à Prefeitura.

 “A partir do momento que a administração do centro comunitário passa a contar também com a administração dos moradores, é possível ampliar o zelo do local, aproximar a população do centro comunitário e evitar depredação”, defendeu o vereador Jorge de Freitas, informando que Limeira tem 49 associações e 13 centros voltados para atividades sociais e recreativas das comunidades.

 O objetivo da mudança, segundo o parlamentar, é tornar expresso o direito e dever para o maior aproveitamento social do centro comunitário, além de estimular as entidades e associações de moradores das regiões. Em justificativa, Jorge de Freitas explicou que existe dificuldade por parte das associações em conseguir uma sede para desempenhar atividades e eventos para a sociedade.

 “Hoje temos o aumento expressivo das associações de moradores como alternativa para solucionar os problemas causados pela má prestação ou ausência do poder público. Essas entidades têm apresentado, cada vez mais, um grande avanço na prestação de serviço às comunidades que representam, trazendo um maior benefício social”, considerou Jorge de Freitas.  (Da redação portal Notícia de Limeira)


Compartilhe

Comentários

comentários