Por: Redação Notícia de Limeira | Publicado em 25 de março de 2019

Compartilhe

 O PA funciona 24 horas, todas os dias da semana

 Inaugurado no dia 15 de março, o Pronto Atendimento (PA) “Dr. Joaquim Nogueira da Cruz Neto”, no Abílio Pedro, em Limeira, já contabiliza 1.158 procedimentos. Desse total, foram atendidos 828 adultos, 287 crianças e realizados 43 processos de administração de medicamentos, retirada de pontos, inalações, etc. Segundo o prefeito Mario Botion, os números mostram que o PA está cumprindo o seu papel, de facilitar o acesso à saúde das mais de 60 mil pessoas que residem na região.

 O PA funciona 24 horas, todas os dias da semana. A enfermeira responsável pelo espaço, Samanta Kelly Braga, afirmou que os horários de maior procura são das 10h às 15h e das 17h às 22h. Para tanto, o local conta com pediatra, das 10 às 22h, e com profissionais da área de clínica médica, sendo dois plantonistas das 10h às 22h, e um terceiro, com escala das 22h às 10h. “Até o momento, os problemas respiratórios e as lombalgias respondem pelo maior volume de consultas”, frisou.

 Samanta elogiou a estrutura física do PA, que dispõe de três salas para consulta, sala de espera adulto e infantil, sala para administração de medicamentos, inalação adulto e infantil, sala de observação feminina (três leitos), masculina (três leitos) e infantil (dois leitos), sala de sutura, sala de isolamento e sala de emergência com dois leitos. “O espaço é perfeito e os equipamentos, entre eles o respirador, têm tecnologia de ponta”, comentou.

 A coordenadora também observou que o PA é voltado aos casos de baixa complexidade, que requerem atendimento imediato. “Para procedimentos de rotina, como substituição de receitas, os pacientes devem procurar a Unidade Básica de Saúde mais próxima”, salientou. Já nas situações de maior gravidade, a coordenadora informou que os pacientes devem dirigir-se à Humanitária ou à Santa Casa. Porém, caso o PA receba algum paciente em estado grave, o médico de plantão poderá decidir pela transferência para um desses hospitais.

 Mediante convênio, todo corpo clínico e demais funcionários do PA são disponibilizados pela Humanitária. Um dos médicos que atuam no local, Evandro Zappani, classificou como “muito boa” a estrutura do local. “A pediatria é dividida da parte de clínica médica (voltada aos adultos). Temos pessoas capacitadas, que estão preparadas para todo atendimento necessário”, comentou. Zappani também falou sobre o acolhimento que tem recebido por parte da população. “Os moradores demonstram muita gratidão”, completou.

 Ana Laura Gomes Guedes Batista, de 30 anos, que procurou pelo serviço nesta segunda-feira (25), falou positivamente sobre a localização do PA. “Facilitou muito o nosso deslocamento”, disse a munícipe, que mora no bairro Morro Branco. Outra munícipe, Sandra Cristina de Oliveira, de 34 anos, residente no Jd. São Francisco, também aprovou a iniciativa. Ao lado do filho de três anos que estava com febre, ela comentou que até o mês passado precisava se deslocar até a Humanitária. “Agora está mais fácil”, declarou.

 Serviço
Pronto Atendimento (PA) “Dr. Joaquim Nogueira da Cruz Neto”


Compartilhe

Comentários

comentários