Por: Redação Notícia de Limeira | Publicado em 11 de abril de 2019

Compartilhe

 Junto aos demais artistas, ele apresenta a história da morte de Cristo neste domingo (14)

 Artista com formação em Artes Dramáticas e Marketing, Leandro Bonin é responsável por dar vida ao papel de Judas na Via-Sacra, o Musical. Junto aos demais artistas, ele apresenta a história da morte de Cristo neste domingo (14), às 20h, em pré-estreia na Paróquia Nossa Senhora de Lourdes, no Parque Nossa Senhora das Dores.

 Bonin iniciou a trajetória artística como ator aos 12 anos, participando de peças de teatro, musicais e filmes. Já na Via-Sacra, ele teve sua primeira experiência em 2006, encenando também em outras edições o papel de Gestas, o ladrão crucificado ao lado de Jesus.

 Na 29ª edição, ele interpreta o traidor Judas. “Dar vida ao Judas não é como qualquer papel no teatro, pois todos conhecem sua história e esperam algo. Esperam ver o Judas traidor que tira sua própria vida ao se arrepender de ter entregue Jesus”, disse.

 Sobre a realização do espetáculo, o artista diz que “já virou tradição na cidade, onde todos esperam para ver a história da morte de Cristo mesmo já conhecendo-a”. Ele contou ainda que mesmo o espetáculo já sendo tradição, a Secretaria de Cultura, responsável pelo projeto, surpreende a cada ano. “A secretaria vem inovando e inventando cenários e efeitos que agradam a população limeirense que ao assistir acaba se conectando com a sua religião, independente de qual ela seja. É a época do ano que a cidade junta todas as religiões em um só lugar”, finalizou.

 O ESPETÁCULO

 Além da encenação do dia 14, Via-Sacra, o Musical, acontece nos dias 18 e 19 de abril, na Gruta da Paz, na Praça Toledo Barros, no Centro, também às 20h. O espetáculo conta com direção-geral do secretário de Cultura e idealizador do projeto, José Farid Zaine, e composição musical de Emanuel Massaro, tendo como compositor convidado Joaquim Prado. A direção musical e regência são de Vinicius Ferreira, cenografia de Guto Oliveira e coreografias de Tendas do Sahara. A gravação e a mixagem são de Cleyver Rossi. As oficinas preparatórias foram ministradas pelas assistentes de direção, atrizes e servidoras da Secretaria de Cultura, Ariane Martins e Tatiana Alves. (Da redação portal Notícia de Limeira)


Compartilhe

Comentários

comentários