Por: Redação Notícia de Limeira | Publicado em 17 de abril de 2019

Compartilhe

 A iniciativa é da Prefeitura de Limeira, por meio da Secretaria de Cultura

 A seleção para a 15ª Mostra Municipal de Teatro foi finalizada e a programação concluída. O evento recebe dois grupos limeirenses e dois grupos convidados nos dias 11, 12, 14 e 15 de maio, no Teatro Vitória e no Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU), localizado no bairro Geada, visando a descentralização cultural. A iniciativa é da Prefeitura de Limeira, por meio da Secretaria de Cultura.

 O objetivo da Mostra é promover o intercâmbio entre os grupos da cidade e o público, além de destacar e divulgar novos talentos, valorizar as artes cênicas, incentivar as manifestações culturais, promover atividades de formação e debates entre artistas e profissionais da área. Cada companhia limeirense recebe como ajuda de custo o valor de R$ 1 mil para despesas e incentivo à participação na mostra municipal.

 A Mostra inicia com o espetáculo convidado “Vigiar e Punir”, da Caravan Maschera, no sábado (11), às 20h, no Teatro Vitória. A classificação é 16 anos. No domingo (12), o CEU Limeira recebe o espetáculo “Reprises Pareadas”, às 19h e o workshop Palhaçaria e Prática de Rua” com o grupo convidado Circo Rodado, às 14h30. Interessados em participar do workshop devem se inscrever até 9 de maioter a idade mínima de 17 anos e disponibilidade de praticar exercícios físicos. As inscrições acontecem no Palacete Levy (Largo da Boa Morte, 11, Centro), no CEU Limeira (Rua Prefeito Ary Pereira, s/ nº – Bairro Geada) ou pelo e-mail producao.culturalimeira@gmail.com.

 A Mostra volta na terça-feira (14), às 16h, com o espetáculo infantil “Uma Aventura no Relógio”, do Grupo Levitar. E na quarta-feira (15), às 20h a Sarcástica Companhia apresenta o espetáculo intimista “Monumento ao Prisioneiro Político Desconhecido (escritura do encontro em três tentativas)” para o público a partir de 16 anos.

 Antônio Chapéu, Márcio Abegão e Fátima Monis compõem a comissão de críticos de arte responsáveis pelo parecer técnico da proposta cênica e por indicar um espetáculo para representar Limeira no Festival Nacional de Teatro 2019.

 Confira as sinopses e demais detalhes dos espetáculos:

 GRUPO CONVIDADO – VIA PROAC

 Sábado, 11, às 20h

 Local: Teatro Vitória

 Espetáculo: Vigiar e Punir

 Grupo: Caravan Maschera

 Cidade: Atibaia- SP

 Duração do Espetáculo: 75 Min

 Classificação: 16 Anos

 “Vigiar e Punir: Um soldado beijava a boca de Foucault na escada da escola” utiliza o texto mais conhecido do filósofo francês Michel Foucault como ponto de referência para a criação de imagens, tensões dramáticas, bonecos grotescos e novos prismas de reflexão sobre as técnicas de controle e normalização às quais a sociedade contemporânea está sujeita.

 Dez bonecos, inspirados em quadros de Bosch e Goya, uma cenografia em constante movimento e a atuação dos atores inspirada em bufões se compõem e decompõem para uma releitura do texto filosófico de “Vigiar e Punir” em forma de obra imagética e poética que guia o espectador em uma relação subjetiva com o espetáculo. Com uma recriação poética do texto, a peça permite que o público recrie os significados daquilo que vê e sente a partir de cenas abstratas, imagens sutis e momentos provocativos que tocam suas lembranças, sentimentos e emoções em torno do tema da loucura e da noção duvidosa de “normal”.

 Realização: Caravan Maschera – Apoio: Proac – Programa de Ação Cultural
Com Giorgia Goldoni e Leonardo Garcia Gonçalves

 GRUPO CONVIDADO

 Domingo, 12, das 14h30 às 17h30

 Local: CEU (Centro de Esportes e Artes Unificadas)

 Workshop: Palhaçaria e Prática de Rua

 Grupo: Circo Rodado

 Classificação: idade mínima de 17 anos e disponibilidade para exercícios físicos.

 Quantidade de Participantes: 20

 A proposta geral deste workshop é proporcionar aos participantes a experiência da linguagem do palhaço pela via da técnica artística. A metodologia busca compartilhar com os participantes a pesquisa que a companhia vem desenvolvendo ao longo de seus anos de existência de modo que experimentem formalmente o treinamento que o grupo exercita.
Os exercícios propostos para este workshop trabalham tanto as disposições cênicas da linguagem da máscara do palhaço quanto da ativação da corporeidade expressiva, expansão da máscara, passando pela triangulação e suas variações.
Serão realizadas práticas de 
claques e quedas” inserindo as descobertas dos exercícios de linguagem nessas práticas, dando sentido expressivo a elas. Para a conclusão da oficina será realizada uma experiência prática de montagem e apresentação de uma reprise (divididos em grupos de três ou quatro participantes), no espaço público da rua. Os alunos passarão por um bate-papo sobre as especificidades das apresentações na rua, a prática de passagem de chapéufazer a roda” e etc.

 GRUPO CONVIDADO

 Domingo, 12, às 19h

 Local: CEU LIMEIRA (Centro de Esportes e Artes Unificadas)

 Espetáculo: Reprises Pareadas

  Grupo: Circo Rodado

 Duração do Espetáculo: 60 Min

 Classificação: Livre

 Uma trupe de três palhaços se apresenta como um grande circo. Eles se viram como podem, pois são eles mesmos todas as atrações que o circo dispõe. Os palhaços apresentam um número musical, uma cena de romance (Quer namorar comigo?), uma cena de habilidade e risco (O chicoteador), e finalmente a exibição de uma aberração da natureza exclusiva e fantástica (O homem que vira galinha caipira), tudo permeado pelas trapalhadas desta trupe de Palhaços errantes e sua relação com o público.
“Reprises Pareadas” é o espetáculo inaugural da companhia Circo Rodado que desenvolve sua pesquisa sobre reprises, gags e entradas circenses tradicionais e populares.

 Terça-feira, 14, às 16h

 Local: Teatro Vitória

 Espetáculo: Uma Aventura no Relógio

 Grupo: Grupo Levitar

 Cidade: Limeira

 Duração do Espetáculo: 40Min

 Classificação: Livre

 Trata-se de uma divertida aventura de duas crianças, Manu e João, junto com o seu cachorro de estimação, Bruce. Certo dia eles acordam atrasados, pois seu despertador não tocou, e se veem num mundo bastante bagunçado. Descobrem que o grande relógio do tempo está quebrado, fazendo com que as estações do ano fiquem descontroladas. Os ventos não sopram mais como antes. A neve deixou de cair. As frutas e as flores não nascem e brotam como deveriam e o sol não quer mais aparecer.

 Então, entrar nas engrenagens do relógio e consertá-lo será a missão dos irmãos e de seu valente cão! Na aventura, eles terão que montar os quebra-cabeças, colocar as peças em ordem, limpar a poeira e dar corda no relógio! Só assim eles salvarão o mundo e terão de volta as horas, o sol, os ventos, as flores e a neve para brincar.

 Quarta-feira, 15, às 20h

 Local: Teatro Vitória

 Espetáculo: Monumento ao Prisioneiro Político Desconhecido (escritura do encontro em três tentativas)

 Grupo: Sarcástica Companhia

 Cidade: Limeira

 Duração do Espetáculo: 1h40

 Classificação: 16 Anos

 INTIMISTA: 80 Lugares

 Um homem miserável escreve obstinadamente em um subterrâneo. Recorda seu desprezo pela sociedade e um embate com um antigo oficial militar. Um homem, numa tarde de Corpus Christi, em plena década de 1930, decide infiltrar-se em uma procissão e provocá-la a fim de testar a reação da massa. Um homem, prisioneiro político, lamenta não ter conseguido concluir seu último livro enquanto aguarda o momento da sua execução.

 Monumento ao Prisioneiro Político Desconhecido é a história de três encontros com o opressor. O primeiro inspirado no indivíduo recluso e solipsista de Fiódor Dostoiévski em Notas do Subterrâneo. O segundo motivado pelo relato de Flavio de Carvalho intitulado Experiência nº 2, que narra o caso real de seu enfrentamento diante de uma procissão. O terceiro, por fim, tem base em “O milagre secreto”, conto de Jorge Luis Borges presente em Ficções. Com excertos de Paulo Freire, o espetáculo é um convite para este embate e a sua superação em diferentes versões. Diferentes manifestações de um encontro que, inevitável, não poderá deixar o homem ileso. (Da redação portal Notícia de Limeira)


Compartilhe

Comentários

comentários