Por: Redação Notícia de Limeira | Publicado em 20 de fevereiro de 2020

Compartilhe

 A iniciativa foi coordenada pela chefe da Divisão, Pedrina Aparecida Rodrigues Costa

 A Prefeitura de Limeira, por meio da Divisão de Controle de Zoonoses, realizou nesta quarta-feira (19), no teatro Nair Bello, mais uma capacitação com os “síndicos” dos prédios públicos – servidores responsáveis por monitorar e eliminar possíveis criadouros da dengue nos imóveis da Administração Municipal.

 A iniciativa foi coordenada pela chefe da Divisão, Pedrina Aparecida Rodrigues Costa, como estratégia de mobilização para o enfrentamento ao Aedes aegypti, conforme determinação do prefeito Mario Botion. Evento semelhante ocorreu na semana passada, com representantes de escolas públicas e particulares, além de síndicos de outras áreas da prefeitura.

 Pedrina falou sobre a importância de todos os servidores municipais conhecerem a atual situação da dengue para tomada de atitude no local de trabalho. “Este não será um ano fácil em relação à dengue. Precisamos adotar todos os cuidados”, disse. Desde o início do ano, Limeira já registrou 121 casos confirmados de dengue e outros 158 aguardam resultado de exame laboratorial.

 Durante o evento, Pedrina mostrou os bairros com maior concentração da doença, entre eles, Abílio Pedro, Morro Branco e Nossa Senhora das Dores, mas destacou que os focos também estão em outros bairros da cidade. Ela, ainda, alertou para a circulação do vírus da dengue do tipo 2, para o qual os munícipes ainda não desenvolveram imunidade. “É fundamental que vocês vistoriem o local de trabalho, pelo menos uma vez por semana, para evitar possíveis criadouros do mosquito. O combate à dengue é uma responsabilidade de todos nós”, disse Pedrina aos síndicos. (Da redação portal Notícia de Limeira)


Compartilhe

Comentários

comentários