Por: Redação Notícia de Limeira | Publicado em 3 de junho de 2020

Compartilhe

 O objetivo é verificar se os estabelecimentos estão cumprindo as recomendações para reduzir a contaminação pelo coronavírus durante a quarentena

 Por determinação do prefeito Mario Botion, a Prefeitura de Limeira, por meio da Guarda Civil Municipal (GCM), Vigilância Sanitária e dos departamentos de fiscalização do Meio Ambiente, Tributário e Fiscalização de Posturas, tem intensificado a fiscalização no comércio do município deste a última segunda-feira (1º), após decreto municipal que flexibiliza a abertura do comércio por quatro horas. O objetivo é verificar se os estabelecimentos estão cumprindo as recomendações para reduzir a contaminação pelo coronavírus durante a quarentena.

 Segundo o secretário de Desenvolvimento, Turismo e Inovação, Tito Almirall, durante a fiscalização desta quarta-feira (3) – assim como nos demais dias – são feitas orientações para que as lojas sigam as normas quanto ao distanciamento, uso de álcool em gel e utilização de máscaras. “Temos verificado um grande movimento no Centro da cidade. Por isso a nossa preocupação em acompanhar de perto a movimentação no comércio local”, disse o secretário.

 Hoje pela manhã, o foco esteve concentrado em lojas de rede de varejo de móveis e eletrodomésticos, lojas de departamento e roupas e estabelecimentos ligados à telefonia celular. A maioria delas alvos de denúncia no canal 156, pela grande quantidade de pessoas aglomeradas. Pelo menos seis delas receberam notificações por escrito. Agora, pelo decreto, para os estabelecimentos que forem reincidentes, o próximo passo é a interdição, seguido de cassação de alvará e multa cumulativa de R$ 1 mil.

 As ações, acompanhadas pelos agentes de trânsito, seguirão nos próximos dias em segmentos e horários alternados. (Da redação portal Notícia de Limeira)


Compartilhe

Comentários

comentários