Por: Redação Notícia de Limeira | Publicado em 4 de junho de 2020

Compartilhe

 No desentendimento, a transexual teria desferido um chute no veículo, quebrando um vidro da porta traseira, onde ela acabou se ferindo

 A Guarda Civil Municipal (GCM) foi acionada na manhã desta quinta-feira (04) após um desentendimento entre um motorista de aplicativo e uma transexual no Centro de Limeira. Segundo informações apuradas pelo Notícia de Limeira, a equipe composta pelos GCMs Adriano, Jonas e Adilson foi solicitada para apuração dos fatos e segundo relato da transexual, de 23 anos, o motorista de aplicativo, de 37 anos, havia combinado um programa com ela e após a relação, o motorista iria até o banco para sacar um valor de R$ 100,00, referente ao preço do programa, porém, segundo a transexual, o motorista não teria pago.

 Questionado, o motorista de aplicativo teria desmentido a versão da transexual, alegando que ela havia solicitado o serviço de transporte na Rodoviária de Limeira pessoalmente e não pelo aplicativo. O motorista disse que durante a corrida percorreu vários locais e o valor final teria ficado em R$ 60,00, o que não teria sido pago, segundo o motorista. Ele relatou também que seu celular teria sumido do veículo.

 No desentendimento, a transexual teria desferido um chute no veículo, quebrando um vidro da porta traseira, onde ela acabou se ferindo, sendo atendida na Santa Casa de Limeira. Diante dos fatos, as partes foram encaminhadas ao 1º Distrito Policial de Limeira, onde a ocorrência foi apresentada. (Rafael Coelho)


Compartilhe

Comentários

comentários