Por: Redação Notícia de Limeira | Publicado em 6 de junho de 2020

Compartilhe

 Desse total, R$ 3 milhões são oriundos de repasses do governo estadual garantido em parceria com o prefeito Mario Botion

 Com a liberação de mais de R$ 4 milhões em recursos para a Santa Casa e para a Humanitária, Limeira soma um total de R$ 13 milhões em aportes financeiros no combate ao covid-19 por meio das ações do deputado Miguel Lombardi. Desse total, R$ 3 milhões são oriundos de repasses do governo estadual garantido em parceria com o prefeito Mario Botion.

 “A liberação de recursos para estruturar a nossa rede de saúde é fundamental para o enfrentamento da pandemia. Tenho feito contato no Ministério da Saúde para acelerar a transferência desses valores para aquisição de testes, equipamentos de proteção individual, ventiladores pulmonares e diversos outros insumos para rede hospitalar. A prioridade é salvar vidas”, destacou o parlamentar.

 Além de Limeira, o congressista tem dialogado com diversos gestores municipais da região para discutir estratégias de ampliação da testagem da população. “Sem monitoramento, a construção de estratégias para lidar com a pandemia pode apresentar eventuais falhas. É o que aponta a Organização Mundial da Saúde. Também tenho tratado com o setor produtivo sobre os desafios de estabelecer uma testagem padronizada para proteger a saúde dos trabalhadores. Estou sempre disposto a dialogar e mediar impasses das organizações locais com o governo federal”, frisou o deputado.

 O deputado Miguel informou ainda que Limeira está apta a receber mais R$ 34,2 milhões originários da Medida Provisória 978/20 que cria o Programa Federativo de Enfrentamento ao Coronavírus. A MP foi editada pela Presidência da República nesta semana. O parlamentar já começou a interagir com a Casa Civil e ministérios visando a celeridade desse repasse para Iracemápolis (R$ 2 milhões), Cordeirópolis (R$ 2,7 milhões), Rio Claro (R$ 23 milhões), Santa Gertrudes (R$ 3 milhões), Engenheiro Coelho (R$ 2,3 milhões) e Americana (R$ 26 milhões). (Da redação portal Notícia de Limeira)


Compartilhe

Comentários

comentários