Por: Redação Notícia de Limeira | Publicado em 10 de junho de 2020

Compartilhe

 Assim que uma pessoa acessa o local, um sensor é ligado e um jato de cloreto de benzalcônio é lançado

 Uma coluna de desinfecção foi instalada, nesta quarta-feira (10), na entrada da URC (Unidade de Referência ao Coronavírus), que funciona no Hospital Humanitária. O equipamento já entrou em funcionamento. Assim que uma pessoa acessa o local, um sensor é ligado e um jato de cloreto de benzalcônio é lançado. Em resumo: pacientes e funcionários passam por um “processo de desinfecção”. “A substância é a menos agressiva que existe. Não afeta a pele e nem os olhos”, disse o sócio-proprietário da empresa. A empresa, que é de Limeira, fez a doação ao município para ajudar no enfrentamento à pandemia do novo coronavírus.

 O prefeito Mario Botion esteve no local para conhecer como o sistema funciona. Ele ficou satisfeito com o resultado. “Traz segurança aos funcionários e também às pessoas que buscam atendimento. Agradeço a atitude da empresa por contribuir no combate ao coronavírus”, citou o chefe do Executivo.

 Na entrada da URC estão instaladas duas colunas usadas para a desinfecção. Além de Mantovani, também trabalharam no projeto os engenheiros Ygor Lima e Thamiris Lopes, sendo que a supervisão da instalação ficou com Renato Guinter. “Queríamos apresentar uma solução para o nosso município e que fosse compatível, bem como de fácil acesso. Buscamos tecnologias usadas em outros países para implantar aqui, e chegamos a um bom custo/benefício”, comentou o sócio-proprietário da empresa. O equipamento tem custo de R$ 7,5 mil. (Da redação portal Notícia de Limeira)


Compartilhe

Comentários

comentários