Por: Redação Notícia de Limeira | Publicado em 18 de junho de 2020

Compartilhe

 A jovem foi premiada em 3º lugar na categoria Danças urbanas solo avançado

 Um dos festivais mais conhecidos entre os dançarinos de todo o país também contará com uma estrela de Cordeirópolis. A aluna Letícia Silva, de 13 anos, integrante do Núcleo Fazendo Arte, um projeto no Jardim Eldorado de dança, que proporciona aulas gratuitas de ballet, jazz, dança de rua e contemporâneo.

 O diretor coreográfico, Diego Amaral, comenta que a coreografia selecionada se chama “Imperatriz” e é de autoria da coreógrafa: Elenna Jhenner, tendo como intérprete: Letícia Silva. A jovem foi premiada em 3º lugar na categoria Danças urbanas solo avançado, concorrendo com bailarinas de todo o país, no Festival Web Dance Festival de Joinville, uma competição online, voltado a grupos, escolas e academias de dança. “Este festival nacionalmente conhecido, é uma oportunidade para que todos se conectem com a dança de uma maneira diferente e interativa. Todo o evento foi realizado em um ambiente através da internet e a avaliação realizada por uma banca de jurados e também pela participação e notas do público”, disse.

 Diego explica que a coreografia obteve 94 votos do júri popular e finalizando com a média de 8,42 pontos. “Além da premiação, a coreografia conquistou vaga para o 38º ou 39º Festival Internacional de Danças de Joinville – SC. “Letícia vem se destacando na modalidade a algum tempo, participa de aulas de dança desde os 6 anos de idade. Ela faz aulas de Jazz, Ballet e as danças urbanas têm sido sua grande paixão”, destacou.

 Você sabia?

 O Núcleo Fazendo Arte iniciou com um grupo de 12 crianças e atualmente 55 alunos integram as atividades. Ao longo de 4 anos, o grupo tem se destacado obtendo aprovações em diversos eventos a nível nacional, participando por 2 anos consecutivos do Festival Prêmio Desterro em Florianópolis e no Festival Internacional de Caconde.

 O Núcleo tem a parceria da Escola Geraldo Rocha, que por meio da Secretaria da Educação, cede espaço para a realização das aulas. Devido à pandemia, as aulas acontecem online via aplicativo Zoom, sempre com o intuito de proporcionar a arte para as crianças e adolescentes do município. (Da redação portal Notícia de Limeira)


Compartilhe

Comentários

comentários