Por: Redação Notícia de Limeira | Publicado em 25 de junho de 2020

Compartilhe

 Foram fiscalizados estabelecimentos que não se enquadram como essenciais e que estavam abertos

 A Prefeitura de Limeira, por meio da Fiscalização de Posturas, Vigilância Sanitária e Tributário, notificou 22 estabelecimentos para fechamento na manhã desta quinta-feira (25), no primeiro dia de suspensão da flexibilização da quarentena. O trabalho contou com cinco equipes de fiscais, com apoio da Guarda Civil Municipal (GCM), e concentrou-se nas principais ruas e avenidas do município, como R. Pedro Elias, Av. Fabrício Vampré e Av. Dr. Lauro Corrêa da Silva, entre outros bairros.

 Foram fiscalizados estabelecimentos que não se enquadram como essenciais e que estavam abertos, o que infringe o Decreto Municipal 232/2020, em vigor a partir desta quinta. Nesse primeiro momento, os locais foram orientados a fechar as portas. Caso contrário, o proprietário será multado em R$ 1 mil, e o dobro em caso de reincidência. Os estabelecimentos também podem ter o alvará de funcionamento cassado, caso o descumprimento persista.

 O maior registro de notificações foi nas avenidas Lauro Corrêa da Silva e Eduardo Peixoto, em que foram encontrados nove estabelecimentos não essenciais abertos. Em um dos casos, foi um bar, que tinha algumas pessoas e foi fechado. No entanto, cerca de 10 minutos depois, os fiscais da prefeitura verificaram na mesma região outro bar aberto, e a surpresa: os mesmo frequentadores que estavam no primeiro bar, também estavam no segundo, que também foi notificado e fechado.

 Nesta tarde (25), a fiscalização continuará os trabalhos nos bairros e na região central. A prefeitura também planeja, para os próximos dias, intensificar a fiscalização no período noturno. O intuito é inibir aglomerações, principalmente em bares e festas irregulares, devido à pandemia do coronavírus. A suspensão da flexibilização segue até 5 de julho. (Da redação portal Notícia de Limeira)


Compartilhe

Comentários

comentários