Por: Redação Notícia de Limeira | Publicado em 26 de junho de 2020

Compartilhe

 Esse trabalho terá apoio da Polícia Militar, e tanto o organizador do evento, como o proprietário do imóvel estarão sujeitos a multa e interdição

 O Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM) definiu nesta sexta-feira (26), em reunião extraordinária, a intensificação da fiscalização de festas e eventos em que há aglomeração de pessoas, prática proibida nesse período de pandemia pelo Decreto Municipal 232/2020. Esse trabalho terá apoio da Polícia Militar, e tanto o organizador do evento, como o proprietário do imóvel estarão sujeitos a multa e interdição – medidas previstas no parágrafo 2º do Art. 6º do decreto.

 A reunião foi conduzida pelo prefeito Mario Botion. Participaram os secretários Francisco Alves (Segurança Pública e Defesa Civil), Daniel de Campos (Assuntos Jurídicos), José Aparecido Vidotti (Fazenda), Dagoberto Guidi (Obras e Serviços Públicos) e Antonio Peres (Comunicação Social), o capitão Herlon e o major Vieira, da PM, além do diretor de Segurança Pública e Prevenção, Claudio Sorge, da gerente da Vigilância Sanitária, Renata Martins, e da diretora de Jornalismo, Kelly Camargo.

 SECCIONAL

 Ainda hoje (26), o prefeito Mario Botion também realizou tratativas com o delegado seccional de Limeira, Antônio Luis Tuckumantel. A Polícia Civil também integra o GGIM. Ficou definido que a Seccional alinhará com os delegados o registro de Boletins de Ocorrência por desrespeito a aglomeração e propagação de doenças contagiosas, com base no art. 268 do Código Penal, que prevê pena de um mês a um ano de detenção e multa. (Da redação portal Notícia de Limeira)


Compartilhe

Comentários

comentários