Por: Redação Notícia de Limeira | Publicado em 17 de julho de 2020

Compartilhe

 Além de oficializar a suspensão da flexibilização, o Decreto Municipal determina que os idosos acima de 60 anos terão direito a apenas duas passagens por dia no transporte coletivo

 A Prefeitura de Limeira publica neste sábado (18), no Jornal Oficial, o Decreto 255/2020 que dispõe sobre a volta do município à fase 1 (vermelha) do Plano São Paulo, do Governo Estadual, que anunciou nesta sexta-feira (17) a regressão da região de Piracicaba para essa etapa de flexibilização a partir de segunda-feira (20). Dessa forma, o comércio não essencial volta a permanecer fechado até que o Estado faça nova classificação das regiões. Só são permitidas atividades internas, delivery e drive-thru.

 O prefeito Mario Botion pediu a colaboração da população no sentido de respeitar as recomendações sanitárias, como uso de máscaras, evitar aglomerações e higienizar as mãos. “Esses são procedimentos importantíssimos. O uso de máscaras é determinante para a diminuição da velocidade da contaminação, e isso interfere diretamente no faseamento que o Governo de Estado faz. Precisamos do entendimento dos munícipes, pois essa é uma luta que depende de todos nós”, enfatizou.

 O chefe do Executivo também citou que o poder público segue trabalhando para ampliar a rede de assistência aos pacientes em Limeira. “Estamos cuidando das estruturas, das pessoas e das equipes da área da saúde para melhor atender os nossos munícipes. E isso tem sido feito com muita determinação, principalmente com a colaboração primordial dos funcionários da saúde”, destacou Botion.

 Além de oficializar a suspensão da flexibilização, o Decreto Municipal determina que os idosos acima de 60 anos terão direito a apenas duas passagens por dia no transporte coletivo – a medida tem o intuito de diminuir a circulação de idosos, que fazem parte do grupo de risco do coronavírus, apenas para o necessário.

 A fiscalização será realizada nos mesmos termos da primeira suspensão da flexibilização, com foco, principalmente, em festas e aglomerações. Os estabelecimentos não essenciais que estiverem abertos durante esse período, num primeiro momento, serão notificados para fechamento. Em caso de descumprimento, será lavrada multa de R$ 1 mil e, na reincidência, o valor é dobrado e o estabelecimento é interditado.

 Acesse o link para assistir na íntegra o pronunciamento do prefeito Mario Botion: www.facebook.com/prefeituralimeira/posts/3528039740580898 (Da redação portal Notícia de Limeira)


Compartilhe

Comentários

comentários