Por: Redação NL | Publicado em 26 de julho de 2020

Compartilhe

 O lockdown tem a finalidade de barrar o avanço da covid-19

 No segundo dia de lockdown, determinado pelo prefeito Mario Botion, o proprietário de um estabelecimento comercial foi flagrado vendendo bebida alcoólica. O fato aconteceu na Vila Castelar. Dono de um bar vendia bebidas num portão lateral. Imagens feitas pelos fiscais comprovam a irregularidade. Diante do flagrante, o comércio foi interditado e multado. Neste domingo, equipes de fiscalização saíram às ruas para verificar o cumprimento do decreto nº 257/20, o qual estabelece regras de funcionamento para dois finais de semana – dias 25 e 26 de julho, e 1 e 2 de agosto. Além do bar que atendia de forma irregular, outros dois foram autuados e interditados. Isto também aconteceu com um mercado e uma mercearia. Estavam trabalhando apesar da proibição.

 Ainda, de acordo com a fiscalização, um caminhão de móveis foi notificado e autuado – mesma situação ocorrida num estabelecimento de venda de mudas. Já um restaurante foi notificado para suspender o sistema de drive-thru. Durante o lockdown, somente delivery de alimentação está permitido. Os fiscais também multaram três pessoas que circulavam, em via pública, sem o uso de máscara. Com a pandemia, a obrigatoriedade agora consta de decreto. A multa é em torno de R$ 520.

 O lockdown tem a finalidade de barrar o avanço da covid-19. Dados atualizados hoje mostram que Limeira registra 140 óbitos e 4.926 casos confirmados da doença.

 O impacto de duas medidas, no entanto, será avaliado ao longo desta semana – a liminar que liberou o funcionamento de alguns supermercados e a colocação de 33% da frota de ônibus nas ruas.

 Denúncias podem ser registradas em dois canais – 153 (Guarda Civil Municipal) e 190 (Polícia Militar) – durante o lockdown. (Da redação portal Notícia de Limeira)


Compartilhe

Comentários

comentários