Por: Redação Notícia de Limeira | Publicado em 28 de agosto de 2020

Compartilhe

 Havia também um comprador no local, de Americana

 A fiscalização da Secretaria de Urbanismo, em ação preventiva, identificou na manhã desta sexta-feira (28) duas pessoas envolvidas em parcelamento ilegal de lotes na zona rural, no Bairro dos Pires de Cima. Havia também um comprador no local, de Americana.

 Ao identificar a situação, os fiscais acionaram a Polícia Militar (PM), que conduziu as três pessoas ao 3º Distrito Policial (DP), onde foi registrado boletim de ocorrência. Parcelar lotes de forma irregular, e comercializar, é considerado crime. Um corretor de imóveis também foi identificado como um dos envolvidos na prática, mas ele não estava no local no momento da identificação da ilegalidade.

 Todos deverão ser investigados pela Polícia Civil. Paralelamente, a Prefeitura notificou todos os envolvidos para que realizem o desfazimento da ilegalidade num prazo de 30 dias. A legislação municipal prevê que a pessoa autuada tenha este prazo, que passa a contar a partir de hoje. Se for descumprido, cada um receberá uma multa de R$ 316.609,02

 A multa é calculada conforme o artigo 15 da Lei Complementar 813/2018, que define o valor de 1.000 mil Unidade Fiscal do Estado de São Paulo (Ufesps) por hectare nos casos de comprovação da prática de parcelamento irregular do solo. No caso de não pagamento da multa, pessoa fica inscrita em dívida ativa e, posteriormente, o valor é cobrado judicialmente.

 Para comprovar o desfazimento, os contratos de compra e venda deverão ser desfeitos e os destratos deverão ser apresentados na Prefeitura. Posteriormente, a Secretaria de Urbanismo instruirá um processo administrativo para que a municipalidade proponha uma ação civil pública contra os responsáveis.

 A orientação da pasta é para que interessados em comprar imóveis, sempre verifiquem antes de assinar contrato a regularidade dos lotes na Prefeitura. Apenas neste ano, a fiscalização da Secretaria de Urbanismo aplicou 23 notificações semelhantes. A maioria das ilegalidades acontece no Bairro dos Pires.

 Denúncias podem ser feitas à Guarda Civil Municipal (GCM), pelo 153, ou na Secretaria de Urbanismo, pelo 3404-9747. (Da redação portal Notícia de Limeira)


Compartilhe

Comentários

comentários