Por: Redação Notícia de Limeira | Publicado em 31 de agosto de 2020

Compartilhe

 A área com índice pouco maior de resultados positivos é a 4, que abrange os bairros Jardim Aeroporto, Jardim do Lago, Odécio Degan, Nova Europa, Cecap e imediações

 O inquérito sorológico realizado pela Prefeitura de Limeira, com o suporte voluntário da Limite Pesquisa entre os dias 24 e 29 de agosto, mostra que o percentual da população  que está ou esteve com Covid-19 é de 14,6%. Ou seja, estima-se que aproximadamente 35,7 mil na cidade, com idade igual ou superior a 15 anos, tenham se contaminado. O estudo mostra que 85,4% não tiveram contato com o vírus.

 Foram realizados 1.291 exames nas seis regiões de Limeira. A margem de erro para os índices globais apresentados na pesquisa é de, no máximo, 2,7%. A confiabilidade é de 95%.

 Este resultado é determinante para ações do Município nos próximos meses. Entre outras informações que o inquérito sorológico forneceu, foi possível confirmar que a cidade não atingiu a imunidade coletiva, que só é possível quando o percentual é superior a 50%.

 O resultado do inquérito sorológico foi apresentado na manhã desta segunda-feira (31) aos profissionais que compõem o grupo técnico que dão suporte às ações da Prefeitura de Limeira no enfrentamento à pandemia. O estudo indica que a estrutura montada no município, como a Unidade de Referência Coronavírus (URC), o Ambulatório Referência de Combate ao Coronavírus (ARC), as campanhas de conscientização e outras ações continuam essenciais.

 METODOLOGIA UTILIZADA

 A metodologia utilizada foi por amostragem probabilística aleatória simples (AAS), que permite que todos os moradores de Limeira, com 15 anos ou mais, tenha a mesma probabilidade de participar. A seleção foi feita por sistema informatizado, que eliminou a subjetividade da amostra.

 De acordo com a projeção populacional do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2020, há 244.950 moradores de Limeira com idade igual ou superior a 15 anos.

 Houve número significativo de recusas durante a abordagem dos servidores da Saúde por telefone. Uma outra parte confirmou e não compareceu. A seleção continuou durante a semana.

 A área com índice pouco maior de resultados positivos é a 4, que abrange os bairros Jardim Aeroporto, Jardim do Lago, Odécio Degan, Nova Europa, Cecap e imediações.

 Além do percentual da população com IGM (fase ativa) ou IGG (já teve contato, mas não transmite mais) positivos, o estudo também possibilitou a análise estratificada.

 Maioria que testou positivo é mulher e acima de 50 anos

 Na análise estratificada, o inquérito sorológico mostrou que, dos que testaram positivo, 15,8% são mulheres. Todas as faixas-etárias tiveram índice próximo de contaminação, com destaque para os que têm entre 50 e 59 anos (17,3% dos que fizeram o exame, positivaram) e acima de 60 anos (16,3%).

 Também foi analisada a escolaridade. Dos que confirmaram, 14,4% têm ensino fundamental e 16,6% têm ensino médio, com destaque para o menor índice entre os que possuem ensino superior (9,3%). Além da região do Jardim Aeroporto, com maior índice dos resultados positivos (18%), a região com mais moradores com confirmação de coronavírus durante a testagem é 6, que compreende o Parque Nossa Senhora das Dores, Belinha Ometto, Abílio Pedro, Morro Branco e imediações.

 A situação de trabalho dos que testaram positivo é: 14,8% informaram trabalhar em casa; 12,5% fora e 15,6% declararam não trabalhar no momento.

 Dos 14,6% que tiveram confirmação no inquérito sorológico, a maior parte (13,6%) apresentou resultado positivo para IGG, o que indica que já houve contato com a doença em algum momento. Entre os que positivaram, 44,6% não apresentaram sintomas nos últimos meses. (Da redação portal Notícia de Limeira)


Compartilhe

Comentários

comentários