Por: Redação Notícia de Limeira | Publicado em 1 de setembro de 2020

Compartilhe

 A vacina disponibilizada pela Secretaria de Saúde é a tríplice viral, que além do sarampo, protege contra a caxumba e a rubéola

 A Prefeitura de Limeira ampliou a Campanha de Intensificação da Vacinação contra o Sarampo até 31 de outubro. O público alvo são crianças a partir dos seis meses, jovens e adultos até 29 anos, 11 meses e 29 dias, que ainda não foram vacinados ou que receberam apenas uma dose da vacina. A campanha também é voltada aos adultos de 30 a 49 anos, 11 meses e 29 dias, que ainda não tomaram nenhuma dose da vacina.

 A contraindicação é para pessoas que já apresentaram reações graves à dose anterior, gestantes e indivíduos imunodeprimidos ou que fazem uso de corticoides. A vacina disponibilizada pela Secretaria de Saúde é a tríplice viral, que além do sarampo, protege contra a caxumba e a rubéola.

 Desde o início dessa fase da campanha, em julho, foram vacinadas 1.022 pessoas. Nesse total, estão 311 crianças de 6 a 11  meses; 403 crianças de 1 a 4 anos; 43 crianças e jovens de 5 a 19 anos; e 219 adultos de 20 a 49 anos.

 A cobertura vacinal entre as crianças de até 1 ano é de 74,9%, segundo a Divisão de Vigilância Epidemiológica. Não há índice de cobertura para as outras faixas etárias, pois as doses foram aplicadas apenas entre o grupo de pessoas que não estavam com o Cartão de Vacinação em dia.

 O sarampo é uma doença viral aguda similar a uma infecção do trato respiratório superior, que pode evoluir com gravidade e levar a óbito. A disseminação do vírus ocorre por via aérea ao tossir, espirrar, falar ou respirar.

 Em 2019, foram registrados 54 ocorrências de sarampo em Limeira. Neste ano, não houve nenhuma confirmação da doença, e atualmente, não há casos suspeitos. Segundo o diretor de Vigilância em Saúde da prefeitura, Alexandre Ferrari, a ausência de casos é reflexo de todo processo de intensificação de vacinação contra o sarampo adotado pelo município, assim como a adesão dos pais a esse propósito.

 O cenário do sarampo na cidade é bem diferente do restante do país. De acordo com o Ministério da Saúde, foram confirmados, até 25 de julho, 7.293 casos em todo o país. O Estado de São Paulo responde por 9,9% desse total, com 721 registros.

 Serviço:

 Nove Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e a sede da Divisão de Vigilância Epidemiológica oferecem a vacina, das 7h30 às 11h e das 12h30 às 16h. É necessário apresentar documento de identificação com foto e o Cartão de Vacinação. Confira o endereço das unidades:

 UBS Cecap – Av. Fausto Esteves dos Santos, s/nº

 UBS Nossa Senhora das Dores 2 – Av. Vitório Bortolan, 1.080

 UBS Nossa Senhora das Dores 1 – Rua Frei João das Mercês, 50

 UBS Tatu – Rua Jacob Degaspari, 71

 UBS Pq. Hipólito 1 – Rua Arlinda Abreu Ribeiro s/nº

 UBS Graminha – Rua Luiz Pereira do Prado, 156

 UBS Nova Limeira – Rua José Fontanin, 179

 UBS Nova Suíça – Rua Vereador Samuel Berto, s/nº

 UBS Morro Azul – Rua Oswaldo Bertolini, 500

 Divisão de Vigilância Epidemiológica – Av. Ana Carolina Barros Levy, 650 (Da redação portal Notícia de Limeira)


Compartilhe

Comentários

comentários