Por: Redação Notícia de Limeira | Publicado em 4 de setembro de 2020

Compartilhe

 A iniciativa, denominada de Alta Responsável, se estende para todos os hospitais do município que estão cuidando de casos positivos da doença

 O paciente que recebe alta hospitalar após confirmação e tratamento para Covid-19 é acompanhado de perto pelos profissionais da Rede de Atenção à Saúde e pelos hospitais conveniados. A iniciativa, denominada de Alta Responsável, foi inicialmente adotada na Unidade de Referência Coronavírus (URC), desde maio e se estende para todos os hospitais do município que estão cuidando de casos positivos da doença e para os pacientes não residentes que realizaram o tratamento na cidade.

 A Alta Responsável, segundo portaria do Ministério da Saúde, consiste no processo de planejamento e transferência do cuidado de uma unidade de saúde (hospitalar ou ambulatorial) para outras, de modo a propiciar a continuidade do cuidado por meio de orientação do paciente e seus familiares ou cuidadores, articulação com os demais pontos de atenção das Redes de Atenção à Saúde, em particular a Atenção Básica ou Primária e a implantação de mecanismos de desospitalização, visando alternativas às práticas hospitalares, como as de cuidados domiciliares pactuados na rede.

 Para os pacientes positivados, após sete dias transcorridos da alta, há o agendamento da consulta com um clínico geral para avaliação das condições gerais do paciente. O atendimento vai determinar se o mesmo precisa realizar algum exame pertinente ao seu quadro de saúde, se necessita permanecer mais tempo em isolamento social, ou se já pode voltar para suas atividades normais.

 Daniela de Castro, assistente social disponibilizada pela Santa Casa de Misericórdia, atua na URC desde o início das atividades e é uma das articuladoras para a efetiva implantação dos protocolos de Alta Responsável. Para ela o acompanhamento faz toda a diferença. “O paciente não sai perdido do hospital e com o encaminhamento que nós do setor social juntamente ao médico fazemos ele tem a garantia dessa consulta até mesmo se for residente de outros municípios”, comenta.

 Por meio de uma ação conjunta entre os municípios da região, como Engenheiro Coelho, Iracemápolis e Cordeirópolis, o paciente atendido em Limeira é direcionado para uma consulta previamente agendada em sua cidade e todo o processo de intermediação é feito entre as Unidades de Saúde de ambos os municípios e o paciente não precisa se preocupar.

 Os atendidos pelo convênio também recebem esse suporte pós alta, com o agendamento de uma consulta com um médico da rede particular para o acompanhamento do seu caso. (Da redação portal Notícia de Limeira)


Compartilhe

Comentários

comentários