Por: Redação Notícia de Limeira | Publicado em 18 de setembro de 2020

Compartilhe

 O trabalho preventivo começou antes mesmo do primeiro caso registrado na cidade

 Com o surgimento do novo coronavírus na primeira semana do mês de março, Cordeirópolis tomou uma série de medidas para diminuir o impacto da contaminação na população. O trabalho preventivo começou antes mesmo do primeiro caso registrado na cidade, identificado 14 dias depois do anúncio realizado sobre o decreto municipal.

 Desde então, o trabalho foi crescente, incluindo ações que desde a reorganização da rede de saúde com a colaboração dos profissionais na linha de frente, à articulação com a sociedade civil e a colaboração fundamental do monitoramento da Guarda Municipal, que passou a acompanhar diariamente os casos da proliferação do vírus no município.

 O guarda civil e coordenador da Central de Monitoramento, Leonardo Maximiliano, comentou que o município vem testando massivamente a população e está muito próximo de atingir a meta estipulada no início da quarentena. “A cidade de Cordeirópolis aparece com maior número de casos por estar testando massivamente, isso é uma forma que foi tomada seis meses atrás, com o objetivo de barrar a contaminação”, explicou o guarda que reforçou sobre os dados da testagem. “Dos testes que já realizamos já ultrapassam os 28% da população e a nossa meta é atingir 30%, um recorde que poucos países ao redor do mundo conseguiram chegar a este número, e vale ressaltar que o maior número de testes são de PCR, o mais eficaz”, relatou.

 Cerca de 7 mil testes já foram realizados

 Nesses últimos seis meses, até esta sexta-feira (18), segundo a Vigilância Epidemiológica de Cordeirópolis, o município já realizou um total de 6.992 exames ou seja, 2.885 testes rápidos e 4.107 testes de PCR. (Da redação portal Notícia de Limeira)


Compartilhe

Comentários

comentários