Por: Redação Notícia de Limeira | Publicado em 26 de setembro de 2020

Compartilhe

 Indivíduo teria feito ameaças, atirado tijolos e pichado os portões da casa

 Um homem de 51 anos foi preso pela Guarda Civil Municipal (GCM) na madrugada deste sábado (26), por descumprimento de medida protetiva contra sua ex-companheira, no Jardim Planalto, em Limeira. Segundo informações dos GCMs Hansen e Sobrinho, a equipe foi acionada após uma mulher de 32 anos, moradora do Jardim Planalto, ter acionado o dispositivo Botão do Pânico.

 De acordo com os Guardas, o ex-companheiro da mulher, o qual ela tem medida protetiva, teria pulado o muro da residência dela, na Rua Alecrim, feito ameaças, atirado tijolos nas janelas e portas e pichado o muro e os portões da casa com palavras de baixo calão. Após o ocorrido, o suspeito teria se evadido em uma motocicleta.

 Os GCMs realizaram patrulhamento pelas proximidades e avistaram o homem conduzindo uma Honda Fan, sem capacete. O indivíduo desobedeceu a ordem de parada e empreendeu fuga pela Via Francisco D’Andréa (Anel Viário) na contramão de direção e percorreu cerca de 2 km, quase colidindo contra outros veículos.

 Na rotatória próxima à Avenida Major José Levy Sobrinho, o homem perdeu o controle da motocicleta, sofreu uma queda e teve escoriações leves. Ele foi socorrido e encaminhado à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Parque Abílio Pedro. Após atendimento médico, ele foi conduzido até o Plantão Policial de Limeira, onde a ocorrência foi apresentada e permaneceu preso à disposição da justiça. Na delegacia, os Guardas constataram que no período de um ano, é a terceira vez que o indivíduo é preso por violência doméstica contra sua ex-companheira. (Rafael Coelho)


Compartilhe

Comentários

comentários