Por: Redação Notícia de Limeira | Publicado em 29 de outubro de 2020

Compartilhe

 O local também abrigava diversos criadouros em potencial da dengue

 Uma ação de limpeza compulsória da Prefeitura de Limeira, envolvendo a Divisão de Controle de Zoonoses, a Divisão de Vigilância Sanitária (Visa), a Secretaria de Obras e Serviços Públicos e o Ceprosom, resultou na remoção de sete caminhões de entulho, lixo e recicláveis de uma residência no Jd. Boa Esperança. O local também abrigava diversos criadouros em potencial da dengue. Os trabalhos foram realizados nesta quinta-feira (29) e mobilizaram 15 pessoas

 A chefe da Divisão de Zoonoses, Pedrina Ap. Rodrigues Costa, informou que a ação foi motivada por denúncias na plataforma 156 e por reclamações de vizinhos, encaminhadas diretamente ao departamento. Segundo ela, o imóvel não apresentava condições mínimas de higiene, estava sem água e sem conexão à rede de energia elétrica. O morador não tinha documentos e o caso foi acompanhado pelo Ceprosom.

 A quantidade de material acumulado no local, conforme Pedrina, impressionava. “Além de entulho e de móveis, como colchões e sofá, havia objetos que poderiam servir de criadouros do mosquito da dengue”, afirmou. Ela observou que os materiais encontrados também favoreciam a proliferação de animais sinantrópicos, como os escorpiões.

 Em razão do risco à saúde pública, o morador será autuado. Os valores serão arbitrados posteriormente, pela Visa.

 Denúncias dessa natureza devem ser encaminhadas à plataforma 156. (Da redação portal Notícia de Limeira)


Compartilhe

Comentários

comentários