Por: Redação Notícia de Limeira | Publicado em 12 de novembro de 2020

Compartilhe

 As exportações totais do agronegócio somaram mais de US$ 8 bilhões

 As vendas externas de açúcar foram recorde em outubro de 2020, com aumento de 121%, passando de US$ 543,96 milhões em outubro do ano passado para US$ 1,20 bilhão no mesmo mês deste ano. A quantidade exportada foi recorde para toda a série histórica, com 4,2 milhões de toneladas.

 A China foi a maior importadora, com registros de US$ 311,74 milhões em aquisições ou 25,9% do valor total exportado pelo Brasil de açúcar. Outros países que compraram o açúcar foram a Índia (US$ 107,82 milhões; +33,8%), Bangladesh (US$ 85,07 milhões; +94,1%) e os Estados Unidos (US$ 61,95 milhões; +202,3%).

 Ainda no setor, houve aumento das exportações de álcool, que chegaram a US$ 184,87 milhões (75,4%). Os principais importadores de álcool brasileiro foram os Estados Unidos, a Coreia do Sul e a União Europeia.

 Balança

 As exportações totais do agronegócio em outubro contabilizaram US$ 8,18 bilhões, o que significou recuo de 6,2% em relação ao mesmo mês do ano passado (US$ 8,72 bilhões). De acordo com a Secretaria de Comércio e Relações Internacionais, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, a queda das exportações ocorreu em função da redução de 3,6% no índice de quantum das exportações e de 2,8% no de preço.

 As importações dos produtos do agronegócio somaram US$ 1,2 bilhão no mês do estudo. O saldo da balança comercial contabilizou US$ 6,9 bilhões. A participação do agronegócio nas exportações totais do Brasil representaram 45,8% do valor total exportado no mês passado, alta de 9,7% em relação ao mesmo mês de 2019. (Da redação portal Notícia de Limeira)

 Imagem: Divulgação / Governo Federal


Compartilhe

Comentários

comentários