Por: Redação Notícia de Limeira | Publicado em 5 de janeiro de 2021

Compartilhe

 A tentativa é de barrar as elevações do ICMS sobre itens e insumos o que elevará os custos de produção, consequentemente, aumentará, ainda mais, os preços dos alimentos e combustíveis

 O prefeito Mario Botion e o secretário de Mobilidade Urbana, Rodrigo Oliveira, receberam, na tarde desta terça-feira (5), produtores rurais e representantes do Sindicato Rural de Limeira que organizam um protesto pacífico para a próxima quinta-feira (7) contra o fim da isenção de 4,14% sobre o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) dos produtos agrícolas no Estado de São Paulo. Segundo eles, a tentativa é de barrar as elevações do ICMS sobre itens e insumos o que elevará os custos de produção, consequentemente, aumentará, ainda mais, os preços dos alimentos e combustíveis.

 Energia elétrica que antes era isento o imposto para a classe terá imposto de 12%, afetando a produção de hortaliças, frangos, suínos, leite etc.

 Durante a reunião, o chefe do Executivo lembrou que toda manifestação é legítima desde que aconteça de forma organizada, cautelosa e sem prejuízos para a população. “Por isso a nossa preocupação em reuni-los para ajustarmos alguns detalhes a fim de não atrapalhar a mobilidade do trânsito e a segurança das pessoas. A Prefeitura vai disponibilizar agentes de trânsito e da GCM a fim de orientar motoristas e pedestres enquanto houver a manifestação”, explicou.

 Eng. Agrônoma Antonieta Polatto explica que decretos autorizados pela lei 17.293, promulgada em 15 de outubro de 2020, permitem a cobrança ou a elevação do ICMS, com vigência a partir de 1º de janeiro. “Adubos e fertilizantes, milho em grão, farelo de soja, sementes, produtos veterinários, defensivos e rações, por exemplo, passam de isentos para taxa de 4,14%. Isso impacta e muito o poder de compra da população e torna difícil a produção de alimentos para muitos produtores”, comentou.

 TRAJETO

 A ação está prevista para acontecer, até o momento, em 125 municípios do Estado de São Paulo. Em Limeira, o “tratoraço”, como é chamada a manifestação, acontece a partir das 8h. Tratores e veículos sairão de seus respectivos bairros e se encontrarão no Estádio do Limeirão. Às 8h30, os veículos percorrerão a Avenida Major José Levy Sobrinho, passando pelo Viaduto Jânio Quadros e Rua Dr. Trajano, até chegarem à Praça Toledo Barros. Na sequência, seguirão sentido Supermercado Sempre Vale até as imediações do Supermercado Covabra. “A ação já está planejada no sentido de não causar impacto na rotina das pessoas”, disse o secretário Oliveira. (Da redação portal Notícia de Limeira)


Compartilhe

Comentários

comentários