Por: Redação Notícia de Limeira | Publicado em 28 de janeiro de 2021

Compartilhe

 Em 2020, a limpeza foi feita em 201,5 quilômetros de tubulações

 A lavagem preventiva das redes coletoras de esgoto é um trabalho fundamental para garantir o bom funcionamento do sistema de esgotamento sanitário. A BRK Ambiental, concessionária responsável pelos serviços de água e esgoto de Limeira, intensificou esse trabalho no último ano, aumentando em 62% a quantidade de redes lavadas na cidade em comparação a 2019.

 Em 2020, 201,5 quilômetros de redes receberam a limpeza preventiva. No ano anterior, foram 124,7 quilômetros.

 A média mensal de redes limpas também aumentou. Em 2019, era de 10,4 quilômetros. Em 2020, esse número saltou para 16,7 quilômetros.

 “A lavagem preventiva das redes coletoras de esgoto é importante para mantê-las em bom funcionamento, garantindo a eficiência do sistema de coleta e tratamento de esgoto da cidade. Além disso, evita que ocorram entupimentos, que podem gerar riscos à saúde e impactos ambientais”, explica Rogério Lima, gerente de operações BRK Ambiental em Limeira.

 Por meio da atuação preventiva, foi possível reduzir o número de entupimentos nas redes de esgoto em 17%, passando de 361 em 2019 para 298 em 2020, o menor número dos últimos 10 anos.

 Este ano, a concessionária irá manter esse trabalho. Para identificar os pontos que vão passar pela limpeza, a área técnica verifica por meio de um sistema chamado GIS (Geographic Information Sistem) os pontos com maior número de entupimentos e realiza vistorias preventivas em poços de visita.

 A partir da identificação, um caminhão hidrojato é utilizado na limpeza. “Uma mangueira de 120 metros de comprimento com alta pressão de água é introduzida na rede de esgoto. Com isso, a sujeira que está na rede é acumulada no poço de visita e, com o vácuo, é sugada para dentro do caminhão”, complementa Lima.

 Lixo na rede de esgoto

 Vale ressaltar que o aumento de volume nas redes ocorre tanto por conta da mistura da água da chuva (ligações irregulares) com a rede coletora de esgoto, quanto pelo descarte irregular de lixo nas redes.

 “A rede de esgoto foi dimensionada para receber 99% de material líquido e somente 1% de sólido e um dos maiores desafios enfrentados pela BRK Ambiental em Limeira é o descarte irregular de lixo nas redes coletoras e ligações residenciais”, complementa o gerente.

 Em 2020, 238 toneladas de lixo foram retirados dos gradeamentos das estações de tratamento de esgoto.

 Durante as atividades de limpeza são rotineiramente encontrados, dentro das tubulações, materiais como restos de construção civil (pedras, resto de cimento, madeira, plástico, papelão, sacos etc.) e descartes de banheiro (papel higiênico, fio dental, absorventes, cabelo, cotonetes, tecidos, sacos plásticos etc), que ocasionam a obstrução da rede. Outro grande problema é o descarte irregular de resíduos de cozinha, como restos de comida e, principalmente óleo e gordura.

 Os materiais sólidos também são encontrados durante a limpeza do gradeamento das estações elevatórias (EEEs) e de estações tratamento de esgoto (ETEs) da cidade. “Nos últimos quatro anos, foram coletados, em média, quatro toneladas de lixo por ano. É uma média de 330 quilos por mês recolhidos ao realizar a limpeza”, explica o gerente.

 Atendimento 24h

 A BRK Ambiental Limeira mantém a prestação dos serviços de operação e manutenção de forma ininterrupta, 24h/dia e todos os dias da semana, para casos de solicitação de emergências. Além disso, há as ações de vistoria de limpeza preventiva de todo o sistema de coleta de esgoto, que é realizado rotineiramente pelas equipes técnicas da concessionária.

 Para estas situações, a concessionária disponibiliza o Serviço de Atendimento ao Cliente pelos seguintes canais:

 – Call center (0800-771-0001);

 – Site www.brkambiental.com.br

 – Aplicativo disponível gratuitamente nas lojas dos aparelhos com sistema operacional Android e IOS. (Da redação portal Notícia de Limeira)


Compartilhe

Comentários

comentários