Por: Redação Notícia de Limeira | Publicado em 29 de janeiro de 2021

Compartilhe

 Trabalho de sondagem foi realizado neste mês e finalizado antes do prazo previsto

 A BRK Ambiental, concessionária responsável pelos serviços de água e esgoto de Limeira, concluiu neste mês de janeiro a análise de solo para a instalação de uma nova adutora de água tratada na cidade. Denominada Mercedes-Gino, a tubulação é necessária para garantir a ampliação da capacidade de armazenamento de água do Centro de Reservação Gino, obra também em andamento.

 A ampliação do Centro de Reservação Gino consiste na revitalização da unidade de bombeamento e na instalação de um novo reservatório metálico, com capacidade de 1.500m³. Com isso, a reserva de água na unidade aumentará em 51%, passando para 4.450m³, garantindo que a nova adutora tenha a capacidade necessária de distribuição de água à população.

 Para implantar a adutora, a concessionária realizou antecipadamente a análise do solo para verificar a sua resistência e a posição do nível da água. Isso é importante para reduzir o risco de rompimentos futuros na adutora, por exemplo. Essa análise foi feita utilizando um equipamento chamado SPT, responsável por realizar o teste de penetração no solo.

 O trabalho foi iniciado na segunda semana de janeiro e tinha o seu término previsto para o início de fevereiro. Com a trégua nas chuvas na última semana, a produção diária foi maior e o trabalho finalizado antes do prazo estimado  para a conclusão.

 “O equipamento fez furos com profundidade de metro por metro, aferindo-se o número de golpes necessários para penetração do aparelho no solo. Com isso, conseguimos verificar a resistência e os tipos de solo presentes no local e em todo o trecho da nova adutora. Todas essas informações são importantes para garantirmos que a adutora seja projetada e instalada de forma adequada”, explica Analice Lima, gerente de engenharia da BRK Ambiental.

 No total, uma equipe com cinco pessoas participou da sondagem que foi realizada nos seguintes locais: Rua Doutor Antônio Frederico Onazan; Rua João Jacon; esquina com Rua João Jacon e em frente à Secretaria da Educação, dentro do Parque Cidade de Limeira; Rua Paschoal Marmo; Avenida Gumercindo Araújo e Avenida Cônego Manoel Alves.

 “Com a conclusão desse trabalho, recebemos relatórios de sondagem de cada ponto, e é possível determinar o perfil do solo encontrado no trecho sondado. Esse perfil nos ajuda a definir no projeto da adutora as profundidades a serem adotadas, as possíveis dificuldades construtivas e interferências, para estabelecer os desvios necessários, bem como o tipo de material a ser utilizado para a eventual estabilização do solo, por exemplo”, complementa a gerente. (Da redação portal Notícia de Limeira)


Compartilhe

Comentários

comentários