Por: Redação Notícia de Limeira | Publicado em 10 de fevereiro de 2021

Compartilhe

 O mês de fevereiro trabalha duas cores fortes para representar perigosas doenças

 As campanhas de saúde, todos os meses, trazem temas importantes que buscam conscientizar as pessoas sobre a importância de cuidar da saúde e priorizar a qualidade de vida. O mês de fevereiro trabalha duas cores fortes para representar perigosas doenças.

 A cor laranja, simboliza a Leucemia, que trata-se de um tipo de câncer que afeta os tecidos que formam as células sanguíneas. E a cor roxa retrata o Lúpus, Fibromialgia e o Alzheimer, sendo duas doenças autoimunes e uma degenerativa, sendo silenciosas em seus sintomas e de progressão gradual.

 Cores e seus significados

 Os meses estão sendo associados a cores com o objetivo de reforçar a população sobre a conscientização, prevenção e o tratamento precoce. “Tudo começou com as campanhas “Outubro Rosa e “Novembro Azul”. De forma geral, todas elas são associadas à prevenção e tratamento para alguma causa ou doença que afete a saúde ou o bem-estar das pessoas”, reforçou a secretária de Saúde, Jordana Cassetário.

 Fevereiro Roxo

 Para impulsionar o diagnóstico precoce das doenças Lúpus, Fibromialgia e Alzheimer, foi instituída a campanha “Fevereiro Roxo”. Essas doenças possuem em comum o fato de não terem cura, mas têm sintomas e diagnósticos que não são iguais.

 Fevereiro Laranja

 O mês de fevereiro também é marcado pelo combate à leucemia com a campanha Fevereiro Laranja, que tem como principal missão alertar a população sobre a doença e a importância da realização de exames para o diagnóstico precoce.

 A leucemia é um tipo de câncer que afeta os glóbulos brancos do sangue e a doença ocorre quando algumas dessas células sofrem mutações e se multiplicam descontroladamente na medula óssea, substituindo as células sanguíneas normais. A detecção precoce é essencial para tratar o tumor em fase inicial, o que possibilita melhores resultados no tratamento. (Da redação portal Notícia de Limeira)


Compartilhe

Comentários

comentários