Por: Redação Notícia de Limeira | Publicado em 12 de fevereiro de 2021

Compartilhe

 O servidor não pertence ao quadro do serviço de urgência e emergência (192)

 A Prefeitura de Americana (SP) se posicionou referente ao caso envolvendo uma ambulância do município que estava carregada com carvão e tombou na noite de ontem (11) na Rodovia dos Bandeirantes (SP-348), em trecho de Limeira. Assim como o Notícia de Limeira mostrou com exclusividade, o motorista da ambulância teria saído de Americana para transportar um paciente até a Santa Casa de Limeira. Após ter deixado o paciente no hospital, ele teria se deslocado até a cidade de Itapira (SP) e carregado o veículo com uma grande quantidade de carvão. Durante o trajeto de volta à cidade de Americana, um pneu da ambulância teria estourado e o veículo capotou no canteiro central da pista no quilômetro 143.

 Por meio de nota, a Prefeitura de Americana disse que tomou conhecimento do fato e lamentou o ocorrido. Relatou que a princípio, a informação era de que o motorista teria transportado um paciente até Limeira e retornava à Americana com a carga de carvão. Porém, após apuração do Executivo, verificou-se que o servidor não estava em horário de trabalho, pois o mesmo teria retirado o veículo por conta própria.

 A Secretaria de Saúde informou que irá realizar a abertura de um processo administrativo disciplinar para apurar os fatos envolvendo o transporte inadequado com a viatura e determinar as penalidades cabíveis. A pasta esclareceu que o motorista não pertence ao quadro do serviço de urgência e emergência (192), mas ao setor de transporte social, responsável por conduzir pacientes a outros municípios, para a realização de exames, cirurgias, consultas médicas e demais procedimentos da área. De acordo com a Saúde, o motorista envolvido nesse episódio será imediatamente afastado de suas funções, até que seja concluído o referido processo.

 Confira na íntegra a nota da Prefeitura de Americana:

 A Prefeitura de Americana esclarece que tomou conhecimento sobre o lastimável acidente envolvendo uma ambulância de sua frota, cujo veículo estava transportando uma carga de carvão. Inicialmente a informação era de que o motorista havia transportado um paciente ao município de Limeira e retornava à Americana com a referida carga, contudo, após apuração junto ao setor, verificou-se que o servidor não estava em horário de trabalho, pois o mesmo retirou o veículo por conta própria.

 A Secretaria de Saúde lamenta e repudia veementemente o ocorrido e informa que já está tomando todas as medidas necessárias, como abertura de um processo administrativo disciplinar para apurar os fatos envolvendo o transporte inadequado com a viatura e determinar as penalidades cabíveis.

 A Secretaria de Saúde esclarece que o motorista não pertence ao quadro do serviço de urgência e emergência (192), mas ao setor de transporte social, responsável por conduzir pacientes a outros municípios, para a realização de exames, cirurgias, consultas médicas e demais procedimentos da área.

 O motorista envolvido nesse episódio será imediatamente afastado de suas funções, até que seja concluído o referido processo.  

 Reafirmamos nosso compromisso com a transparência e a efetividade na prestação dos serviços públicos adequados e em consonância com os princípios norteadores da Administração Pública, e desde já nos colocamos à disposição para qualquer dúvida ou esclarecimento. (Rafael Coelho)


Compartilhe

Comentários

comentários