Por: Redação Notícia de Limeira | Publicado em 18 de fevereiro de 2021

Compartilhe

 Até dezembro do ano passado foram arrecadados 160.187 quilos entre alimentos e produtos de limpeza e higiene

 O Fundo Social de Limeira lançou nesta quinta-feira (18) a segunda fase da campanha “Limeira Solidária – Todos a favor da vida”. A coletiva de imprensa on-line teve a presença do prefeito Mario Botion, da primeira-dama e presidente do Fundo Social, Roberta Botion, da vice-prefeita Erika Tank e da presidente do Ceprosom, Aucélia Damaceno. Também participaram representantes de entidades socioassistenciais, parceiros da iniciativa e o presidente da Câmara de Limeira, Sidney Pascotto (Lemão da Jeofá Rafá). Assim como realizado em 2020, a campanha visa arrecadar cestas básicas, alimentos, produtos de higiene pessoal e limpeza, ração e fraldas. As doações serão distribuídas às famílias que passam por atendimento e cadastro nos centros comunitários, e também para as entidades socioassistenciais do município. “Ainda temos uma alta demanda de famílias que precisam de cesta básica, e por isso, mais uma vez contamos com a solidariedade dos limeirenses”, destaca a presidente do Fundo Social, Roberta Botion.

 Até dezembro do ano passado foram arrecadados 160.187 quilos entre alimentos e produtos de limpeza e higiene. “Minha gratidão a todos que doaram para a campanha no ano passado e, tenho certeza, continuarão a doar nesta segunda fase”, completou. Também por meio da campanha Limeira Solidária, em 2020 foram confeccionadas e distribuídas 64 mil máscaras de proteção contra o coronavírus. “Limeira é uma cidade extremamente solidária, certamente a população irá participar da segunda fase da campanha”, afirma o prefeito Mario Botion.

 As doações podem ser feitas no Fundo Social/Ceprosom, na Prefeitura de Limeira (portaria), em supermercados e na Câmara de Vereadores. Mais informações sobre os pontos de coleta podem ser obtidas no site  www.limeira.sp.gov.br/limeirasolidaria ou pelo telefone 3404-6267. As famílias que precisam das doações, devem ligar no centro comunitário ou CRAS (Centro de Referência da Assistência Social) mais próximo de sua residência para ser atendido por uma assistente social. (Da redação portal Notícia de Limeira)


Compartilhe

Comentários

comentários