Por: Redação Notícia de Limeira | Publicado em 26 de fevereiro de 2021

Compartilhe

 21% dos imóveis já foram verificados por funcionários da BRK Ambiental

 Agentes da BRK Ambiental, concessionária responsável pelos serviços de água e esgoto de Limeira, estão visitando imóveis do bairro Jardim Nova Limeira e áreas industriais e comerciais próximas à bacia do ribeirão Pires, para orientar a população sobre a maneira correta de realizar as ligações de esgoto para o bom funcionamento do sistema coletor na cidade.

 O trabalho de vistoria é realizado porque em vários imóveis a água da chuva é lançada de forma indevida diretamente na rede de esgoto, sobrecarregando a tubulação e dificultando o escoamento. Dentre os problemas causados por essa irregularidade, é possível citar os extravasamentos na Estação Elevatória de Esgoto Pires.

 “É importante que os moradores de Limeira sejam informados sobre a ligação correta das águas. As redes de esgoto foram projetadas para receber exclusivamente o efluente proveniente dos banheiros, pias e cozinha. Quando direcionada para a rede coletora de esgoto, a água de chuva provoca obstruções, extravasamentos em Estações Elevatórias de Esgoto e compromete todo o sistema de coleta e tratamento”, diz Rogério Lima, gerente de operações da BRK Ambiental em Limeira.

 O programa, que teve início neste mês de fevereiro, já visitou 138 imóveis dos 650 que passarão pela vistoria. Ligações irregulares já foram identificadas nos locais vistoriados.

 “Em algumas casas, a água da chuva é lançada de forma indevida diretamente na rede de esgoto, isso sobrecarrega a tubulação e dificulta o escoamento. Por isso, desenvolvemos essa ação para orientar a população sobre a importância dessa separação. Consideramos importante que a população se conscientize sobre a necessidade desse trabalho, o objetivo de nossas equipes é orientar em relação aos prejuízos causados por lançamentos irregulares”, ressalta Lima.

 Durante as vistorias, os funcionários da empresa verificam se existe tubulação saindo na guia, ralo no quintal e nas áreas de iluminação. Para ter certeza do diagnóstico, eles jogam água nos ralos para detectar o seu destino, podendo adicionar corante para ter uma maior precisão. Além disso, são verificados os condutores das calhas e as caixas de inspeções de esgoto.

 Caso seja identificada alguma irregularidade, o proprietário é notificado para realizar a regularização no prazo de 90 dias. Após esse período, a equipe da concessionária retorna ao local para constatar se a melhoria foi executada.

 Para melhor entender por que a água de chuva não deve se misturar com o esgoto, assista abaixo o vídeo sobre o tema.

 Melhorias na EEE Pires

 Com o objetivo de sanar em definitivo os extravasamentos na Estação Elevatória de Esgoto Pires, a concessionária realizou diversas melhorias na unidade.

 Dentre elas está a instalação de um gerador de energia elétrica para que, em caso de falta de energia, o funcionamento da estação não seja comprometido.

 Além disso, foi investido na melhoria da automação para operação de dois conjuntos de bombas ao mesmo tempo, aperfeiçoando o sistema de bombeamento da unidade.

 A concessionária também vai investir na compra de mais um conjunto de bomba de reserva.

 Em caso de dúvidas, a população pode entrar em contato com a concessionária pelo telefone 0800 771 0001, pelo site (www.brkambiental.com.br/limeira) ou pelas redes sociais. (Da redação portal Notícia de Limeira)


Compartilhe

Comentários

comentários