Por: Redação Notícia de Limeira | Publicado em 13 de julho de 2021

Compartilhe

 Nas redes sociais o deputado Miguel citou que é preciso acabar com os privilégios concedidos para os altos escalões da República

 O deputado federal Miguel Lombardi votou a favor do fim dos supersalários. O Projeto de Lei 6726/16, do Senado Federal, regulamenta quais tipos de pagamentos podem ficar de fora do teto do funcionalismo público, aplicando-se para servidores civis e militares, magistratura e detentores de mandato.

 Nas redes sociais o deputado Miguel citou que é preciso acabar com os privilégios concedidos para os altos escalões da República. “Seja no Executivo, no Legislativo, no Judiciário ou nas Forças Armadas. Eu abri mão da aposentadoria especial, auxílio-mudança e outros penduricalhos. Temos que cortar na carne do alto escalão. É minha obrigação e o meu compromisso como cristão!”, comentou.

 O parlamentar abriu mão da aposentadoria especial em 2015 e devolveu o auxílio-mudança de R$ 33 mil pago aos deputados. “Também apresentei pronto para destinar o Fundão de R$ 2 bilhões para o combate a covid-19”, lembrou. (Da redação portal Notícia de Limeira)


Compartilhe

Comentários

comentários