Por: Redação Notícia de Limeira | Publicado em 30 de setembro de 2021

Compartilhe

 As oficinas têm como objetivo a convivência e o desenvolvimento social

 Com o auxílio da Secretaria da Mulher e Desenvolvimento Social o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do Jardim Progresso promove oficinas socioeducativas que são como uma porta de entrada para um trabalho efetivo de aproximação com a comunidade. Elas proporcionam vivências que vão além de uma formação cultural, e tem como objetivo a convivência e o desenvolvimento social, principalmente entre aqueles cujo repertório de oportunidades é reduzido por situação de carência e vulnerabilidade social.

 Desta forma, é de suma importância para a estruturação dos sujeitos e cidadãos, fortalecendo seus vínculos familiares e favorecendo sua participação comunitária e social.

 De acordo com a coordenadora da Unidade do CRAS Progresso, Giovana Tatajuba, “as atividades desenvolvidas de caráter socioeducativo, contribui e muito na evolução de mulheres, adolescentes e crianças, proporcionando vivências e superações, que vão a ações pontuais como promoção a auto estima, convivência, assiduidade e pontualidade, organização, um melhor direcionamento de rotina e uso do próprio tempo, destacando potencialidades, revelando talentos (muitas vezes desconhecidos), autoconfiança entre outros”, destacou a coordenadora.

 Para o assessor de Políticas Públicas para crianças e adolescentes Diego Amaral, é essencial que tudo seja extensivo às respectivas famílias. “Já que a diminuição de riscos e atenuação de danos causados pela vulnerabilidade, podem ser superados e estes grupos terem suas vivências alteradas pela disseminação de informações e conhecimentos, pela vivência de novas experiências, pela melhor convivência” completou.

 Atualmente são atendidos através das atividades promovidas pelas oficinas um público de 106 pessoas divididas entre oficinas de Dança, Teatro, Artesanato, Corte e Costura e Circo, no Jardim Eldorado e Jardim Cordeiro.

 As turmas atualmente encontram-se com as vagas preenchidas, é um número reduzido de alunos devido ao espaço em razão da Covid-19. (Da redação portal Notícia de Limeira)


Compartilhe

Comentários

comentários