Por: Redação Notícia de Limeira | Publicado em 13 de outubro de 2021

Compartilhe

 O exame poderá ser realizado das 7h às 11h e das 12h às 16h, por mulheres com surdez de 50 a 69 anos ou a partir de 40 anos, nos casos de histórico familiar de câncer de mama

 A Policlínica contará nesta quinta-feira (14) com a presença de uma intérprete da Língua Brasileira de Sinais (Libras) para acolher mulheres com surdez durante o exame de mamografia. A iniciativa faz parte do Outubro Rosa, mês dedicado à prevenção do câncer de mama, e ainda, atende à Semana Municipal “Outubro Rosa para Mulheres com Deficiência”, lei de autoria da vice-prefeita Erika Tank, enquanto vereadora, sancionada em 2019 pelo prefeito Mario Botion.

 O exame poderá ser realizado das 7h às 11h e das 12h às 16h, por mulheres com surdez de 50 a 69 anos ou a partir de 40 anos, nos casos de histórico familiar de câncer de mama. Por se tratar de medida inclusiva, excepcionalmente amanhã não será preciso fazer agendamento ou solicitar encaminhamento do exame. Basta comparecer na Policlínica e apresentar documento de identificação com foto. O endereço é Av. Ana Carolina de Barros Levy, 220, Centro.

 Até o fim do mês, a mamografia continuará disponível às mulheres com surdez ou outras deficiências, desde que estejam dentro da faixa etária prevista na campanha. Porém, após esta quinta-feira será preciso comparecer previamente à UBS mais próxima para solicitar o encaminhamento do exame. O encaminhamento poderá ser emitido pela própria equipe de enfermagem da unidade.

 O Outubro Rosa é resultado de uma parceria do Fundo Social de Limeira, da Alicc (Associação Limeirense de Cuidado e Carinho), da Prefeitura de Limeira, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, da Santa Casa e do AME (Ambulatório Médico de Especialidades). (Da redação portal Notícia de Limeira)


Compartilhe

Comentários

comentários